Tag Archives: Saint Seiya

Novidades da JBC: NANA, Lost Canvas e FMA

18 jul

Yo Minna!!
A JBC anunciou que a partir desse mês, a venda de FMA será nacional. Ou seja, os vendedores de mangás espalhados por todo o Brasil receberão ao mesmo tempo a mesma edição do mangá, permitindo aos leitores comprar o mesmo volume em qualquer lugar do país (onde sejam vendidos).


Já NANA #22, que deveria ser lançado no final de junho, sofreu atrasos por causa de um intervalo na produção no Japão. Isso significa que o mangá está muito próximo da versão japonesa!!

Além disso, a JBC anunciou uma mudança na logomarca de CDZ Lost Canvas a partir do volume 16, por causa de um alinhamento mundial pela editora japonesa Akita Shoten. O novo logo terá o nome original da série, Saint Seiya, mas o título “Cavaleiros do Zodíaco” foi mantido.

Ja Ne!

Anúncios

Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya)

24 out

Yo!

Bom, nem sei como começar a falar de Saint Seiya… Pois aposto que a maioria das pessoas que passarem por aqui já assistiram pelo menos uma vez, um pedacinho que seja de CDZ; principalmente os meninos, né? Mas vamos lá!

Yo Nihon!* - Saint Seiya

Bom, como o nome do post diz, Saint Seiya é conhecido como Os Cavaleiros do Zodíaco no Brasil e em Portugal.

O Mangá de Saint Seiya começou a ser produzido por Kuramada Masami em 1985, pela Shonen Jump. Em 1986, a série ganhou um Anime, que durou até 1989. Bom, não é de se espantar que CDZ seja tão antigo, dá pra perceber no anime (pra quem já assistiu), que há uma diferença do “desenho” e movimento em relação aos atuais. Mas quando eu fui me informar melhor sobre as datas pensei: Nossa, eu nem sonhava em nascer ainda, em 86.
Como todo mundo sabe, CDZ foi um dos responsáveis pela divulgação do anime pelo Brasil, e pelo mundo. A primeira temporada de CDZ foi exibida aqui no Brasil de 1994 a 1997, pela extinta TV MANCHETE, e depois por várias outras, inclusive pelo Cartoon Network. Em Portugal, começou a ser exibido em 1992 pela RTP, mas parou no capitulo 36, a pedido de pais que reclamaram do “excesso de violencia” no anime. Mas voltou a ser exibido pela SIC, em 1999. E depois pelo Animax.


Abertura brasileira/ Pegasus Fantasy (Fala sério, quem nunca ouviu Pegasus Fantasy?)


Abertura japonesa (A mesma coisa, só que em japonês, pra quem gosta de ouvi-los dizer: Pegasasu Fantaji [Pegasus  Fantasy])

Yo Nihon!* - Saori Kido / Saint Seiya

Resumindo o começo do anime, podemos dizer que é assim: De 200 em 200 anos, a Deusa Atena vem a terra para impedir que outros Deuses dominem o mundo e os humanos. E para isso, ela conta com jovens cavaleiros que vestem armaduras sagradas. E juntos lutam contra as forças malignas. Na, história, Atena (Saori Kido) tem 5 cavaleiros, Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix.

saint_seiya_007

A série de Anime de CDZ, teve 114 capítulos divididos em 3 sagas: Santuário, Asgard e Poseidon. O Mangá, de 28 volumes (no Japão) só rendeu 114 capitulos porque como o Anime foi lançado praticamente junto com o Mangá, a TOEI ANIMATION teve que inventar personagens, prolongar cenas de luta, dentre outras coisas, para render mais episódios; além da saga que não existia no mangá.

Yo Nihon!* - Saint Seiya Manga Volume 1Volume 1 de Saint Seiya

O Mangá também foi dividido em sagas: Santuário, Blue Warriors, Poseidon e Hades. A saga Hades, é considerada a melhor saga pelos fãs. Porém, ela não recebeu uma versão em anime, o que deixou fãs infelizes pelo mundo todo por algum tempo. Então em 2002 a TOEI ANIMATION lançou a primeira OVA da saga Hades para DvD. A partir disso, Saint Seiya voltou a ser uma febre no Japão, e inúmeras OVAs foram produzidas até 2008, terminando a Saga Hades. Entretanto, o Mangá não parou por aí, e hoveram várias Sagas paralelas, como a Saga Episódio G, que contou com o roteiro de Kuramada Masami, e com os traços de Megumu Okada (o que causou grande interesse em fãs e em pessoas que não gostavam antes).

5 Filmes foram produzidos pela TOEI ANIMATION e pela BANDAI, sendo que o ultimo, Prólogo do Céu, foi o único com o roteiro escrito por Kuramada Masami (fazendo parte da cronologia da história). Além de vários jogos para videogames e PC, produzidos até hoje. Também existem os outros inumeros produtos com a marca Saint Seiya.
Para concluir, parece que Saint Seiya ainda vai surpreender a todos, com uma nova saga, ou uma nova fase, já que ainda existe uma legião enorme de fãs pelo mundo inteiro (diferentemente de mangás como Sailor Moon, que acabou de vez, CDZ continuou até o ano passado, e esse ano, quem sabe?).

Então é isso!
Ja Ne!
Patrício.