Tag Archives: Matsuri Hino

Wanted

16 maio

Oi!!

  Hoje eu vou falar um pouquinho sobre um one -hot bonitinho da Hino Matsuri que foi publicado no Brasil pela Editora Panini: Wanted (a edição brasileira ficou uma das mais bonitas que eu vi).

   A história se passa na Europa, no final do século 17. Uma jovem garota órfã chamada Armeria foi adotada pelos músicos que tocam no palácio do governador, então o seu trabaho é cantar para o entretenimento dos poderosos. Lá o único que a trata com respeito é Luce, sobrinho do governador.

  Os dois são bastantes “amigos” até o dia em que, após um ataque do pirata Scars, Luce é sequestrado e levado para alto mar. Armeria então sai do palácio e vai em busca de trabalhos em navios. O seu objetivo é chegar até o navio do pirata Scars, para obter notícias de seu querido Luce.

  O mangá é muito divertido, e tem personagens bastante carismáticos. É uma comédia romântica cheia de aventura. É uma pena que tenha apenas 3 capítulos. Eu queria mais… Wanted foi escrito após MeruPuri e antes de Vampire Knight.

  E porque eu estou falando de Wanted, um mangá que eu li há séculos?Eu me lembrei de Wanted agora porque eu queria MUITO que Matsuri Hino parasse de enrolar com Vampire Knight e retomasse Wanted. Eu amo a autora, e amo Vampire Knight, mas eu acho que, devido ao grande sucesso da série, ela não quer acabar com ela, e então, ela fica arrastando a história infinitamente. Queria muito que Vampire Knight ganhasse um final digno, antes que se perca totalmente, porque já está ficando meio… cansativo (essa é uma opinião pessoal minha ^^). Ao mesmo tempo em que Wanted ainda pode contar muita coisa! (Daria um bom anime tam´ém…)

  Voltando a Wantd. Para completar o tanko, temos uma historinha em um capítulo único chamada “Primavera é Sakura”, que é bastante simpática, e o traço da autora está muito bonito nela!

OBS: Pra quem leu, alguém mais percebeu que o comandante da marinha é IDÊNTICO ao Zero de Vampire Knight? Só faltou escrever Bloody Rose na pistola dele!

XOXO

Mallu

Anúncios

Os melhores shoujo no Brasil (parte dois)

5 abr

Oi!!^^

  Hoje eu volto com a outra metade da lista que eu comecei a publicar ontem, sobre os  mangás publicados no Brasil de que eu mais gosto.

  Para quem não viu ontem, a lista está aqui. Como eu já disse, a lista está em ordem alfabética, e não de preferência. Os mangás citados não são necessariamente shoujo, o título do post só é esse porque eu não quero comentários do tipo “como Naruto não está entre os melhores mangás publicados no Brasil?” e coisas do gênero.

  Vamos então à  Parte Dois da minha lista!

 

MeruPuri

 

   O primeiro mangá que eu li! Um mahou-shoujo muito fofo!! Conta a história de uma menina que não sabe ser descendente de uma feiticeira, e que de repente encontra um príncipe de um reino mágico de outra dimensão.

  O mangá (da incrível Hino Matsuri) tem apenas 4 edições, e foi publicado pela Panini. Eu falei mais sobre MeruPuri aqui.

Nana

  Quem não gosta de Nana? O shoujo de maior sucesso no mundo, conta os dramas de duas amigas que compartilham o mesmo nome: Nana.

  Nana (da maravilhosa Yazawa Ai) é publicado no Brasil pela JBC (até agora, com 21 volumes), e sua publicação está em pausa pois a publicação original japonesa também está em pausa, por conta de problemas de saúde enfrentados pela autora.

Otomen

  Otomen é uma comédia (com um humor sarrista parecido com o de OURAN) que narra os dramas de Asuka (que não é gay) em esconder os seus hobbyes femininos.

  O mangá de Kanno Aya é publicado pela Panini e tem, atualmente, 7 edições. Eu já falei um pouquinho de Otomen aqui.

Paradise Kiss

  Minha paixão. O melhor (e primeiro) Josei publicado no país. Conta a história de Yukari, e o seu dilema em escolher entre uma carreira acadêmica sólida e uma carreira de modelo.

  Os 5 volumes do mangá ( de Yazawa Ai) foram publicados em edições metálicas lindas pela editora Conrad mas, infelizmente, não são fáceis de se encontrar… Eu falei bastante de Paradise Kiss no blog, aqui, aqui e aqui.

Sakura Card Captors

  O primeiro mangá shoujo publicado no país (e um dos melhores mahou-shoujo ever!). Conta a história da pequena e fofa Sakura, que tem a missão de coletar as cartas Clow que ela deixou escapar sem querer.

  O mangá (da CLAMP) foi publicado pela JBC no formato de meio tankobon, e conta com 24 edições (algumas bem chatas de se encontrar).

Socrates in Love

  Um one-shot josei lindo, que conta a dramática história de um casal que descobrem juntos as emoções do amor, e tem que superar uma tragédia.

  Tem autoria de Kazumi Kazui, baseado no best-seller de Kyoichi Katayama. Foi publicado em uma edição linda pela JBC, e eu já falei mais sobre ele aqui.

Tsubasa Reservoir Chronicles

  Mangá shounen de aventura, que utiliza personagens de Sakura Card Captors e possui uma história entrelaçada com XXXHolic (ficou confuso? Coisas de CLAMP…). Mas pode confiar, é super legal!

   É publicado no formato meio tankobon pela JBC, tem atualmente 51 volumes e vai terminar em 56 volumes (o original possui 28 volumes).

Ultramaniac

  Mahou-shoujo bonitinho que conta a história de de uma humana que fica amiga de uma bruxinha.

  Teve seus 5 volumes publicados pela Panini. De autoria de Wataru Yoshizumi.

Vampire Knight

  Quem é leitor do blog sabe, eu AMO Vampire Knight. É um shoujo de drama e romance, com temática sobrenatural. Conta a história de Yuuki, que apesar de conviver com vampiros diariamente em sua escola, descobre que os seus laços com eles são ainda mais intensos do que ela imaginava…

  O mangá (de Hino Matsuri) é publicado atualmente pela Panini e conta, por enquanto, com 12 volumes. A publicação ainda está em andamento no Japão (Hino sensei, não enrrola!!). Eu já falei de Vampire Knight no blog milhares de vezes… quem quiser ler mais, visite a categoria VK Project.

Wanted

   One-shot shoujo de aventura. Conta a história de uma menina que passa a viver uma vida de pirata! (Esse mangá é muuuito legal! A Hino sensei deveria fazer uma série!).

  Foi publicado pela Panini, e pode ser meio complicado se se encontrar… De autoria de Hino Matsuri.

Welcome to the N.H.K

  (Ou Bem-vindo à N.H.K) Mangá shounen ecchi, de comédia sem noção, que conta a história de um Hikikomori que se considera vítima de uma corporação malígna encabeçada pela rede de televisão N.H.K (?).

  Mangá com 8 volumes de Tatsuhiko Takimoto, que começou a ser publicado pela Panini e tem, por enquanto, 2 volumes lançados  (Recomendado para maiores de 18 anos. Sério!).

XXX Holic

  Mangá seinen lindo maravilhoso incrível de temática sobrenatural. Conta a história de Watanuki, que é capaz de ver espíritos, e acaba envolvido com Yuuko, dona de uma loja que realiza desejos pouco convencionais (geralmente relacionados a espíritos e coisas do gênero). Eu já falei sobre Holic aqui.

  O mangá (da CLAMP) se encerrou no Japão com 19 volumes, e é publicado no Brasil pela JBC no formato de meio tankobon, e está atualmente no volume 34.

Zettai Kareshi

  Zettai Kareshi – o namorado perfeito. Um shoujo maravilhoso que eu amo, de comédia romântica com um “q” de ficção científica. Conta o divertido romance entre uma menina e um andróide (que ela comprou para ser o seu namorado ideal).

  Teve seus 6 volumes publicados no Brasil pela Conrad, mas suas edições são quase impossíveis de se encontrar. De autoria de Yuu Watase. Eu fiz resenha de Zettai Kareshi aqui.

  Em resumo, é possível encontrar mangás maravilhosos no Brasil. Dá para perceber que os títulos estão divididos entre duas principais editoras, a Panii e a JBC. Ambas possuem títulos muito fortes, mas também tem os seus problemas.

  A Panini, apesar da qualidade de seus produtos e da grande variedade de títulos shoujo, é incapaz de seguir um planejamento. A ordem de suas publicações é caracterizada por ser, líteralmente, sem ordem, o que torna a periodicidade de  muitos de seus títulos bastante caótica.

  A JBC, por outro lado, é organizadíssima. Quando eles dizem que o mangá será lançado naquele dia, ele é e ponto final. Os raros atrasos são noticiados publicamente pela empresa, que mostra um grande respeito pelo consumidor nesse quesito. Porém… apesar de deter o monopólio dos mangás da CLAMP, a JBC não tem uma vasta variedade de shoujos… geralmente são publicados um ou dois ao mesmo tempo… e olhe lá! Sem falar na qualidade dos mangás, que é evidentemente inferior à das outras editoras, ocorrendo sempre capas que descolam, entre outros problemas…

  A minha maior mágoa é em relação à Conrad, que sempre trazia títulos incríveis e com alto padrão de qualidade mas… morreu, coitada… E quanto às editoras menores, eu não tenho muito o que comentar… pelo menos por enquanto. Exceto que a qualidade dos produtos é muito boa!

  Os volumes atuais dos mangás podem ser encontrados facilmente nas bancas de jornal. Quanto aos volumes antigos, você pode perguntar ao seu jornaleiro sobre a disponibilidade, ou ir direto à lojas especializadas em quadrinhos. É possível adquirir volumes antigos em feiras e eventos relacionados ao setor. Existem lojas virtuais muito boas também, como a Comix. Em alguns sebos, e principalmente no bairro da Liberdade, em São Paulo, é muito fácil de se encontrar mangás.

  E com tantas coisas legais aqui, ainda existem coisas que eu quero? Claro que sim! Só pra começo, poderiam trazer Nodame Cantabile, Akuma to Love Song, Kinkyori Renai (que não, não é pedofilia!), Lovely Complex (que não saiu aqui até agora por que mesmo?), Mars (mesma questão anterior), Hot Gimmick, Yurara, Stepping on Roses, B.o.d.y, Hana Yori Dango, Saiunkoku Monogatari, Kuroshitsuji…  Pouca coisa, né???

  Então é isso. Termino por aqui essa minha lista enorme, e espero ter ajudado alguns indecisos quanto a qual mangá ler em seguida.

XOXO

Mallu

Merupuri

27 jul

Oi!!^^

  Hoje eu vou falar do meu queridinho Merupuri.

  Merupuri foi o primeiro mangá que eu li (*segura as lágrimas de emoção*). Foi por causa de Merupuri que eu me apaixonei pelo mundo dos mangás shoujo, paixão que foi evoluindo até os animes e doramas. Se hoje eu sou uma afcionada pela produção cultural oriental (a.k.a otaku), a culpa é de   Merupuri.

  Não sei se foi por ser o meu primeiro mangá, eu só sei que fiquei totalmente encantada com Merupuri, tanto que, mesmo depois de tantos outros manás, Merupuri ainda é o meu mangázinho do coração. O mangá, de autoria de Hino Matsuri (Hino-senseeeeeeeiii) (mesma autora de Vampire Knight, que vocês cansaram de me ver falar aqui no blog (vejam o VK Project ^^)) foi originalmente publicado na revista shoujo LaLa (é impressionante como os meus mangás favoritos são quase todos da LaLa…). Aqui no Brasil, Merupuri teve seus 4 volumes publicados pela editora Panini.

  Merupuri é uma comédia romântica, no maior estilo mahou shoujo. Como o mangá fez grande sucesso, é relativamente fácil encontrar os seus volumes para venda até hoje. (Ou seja, não existe desculpa para não ler!^^).

  Merupuri conta a história da pacata e romântica Hoshina Airi, que, sem saber, é descendente das feiticeiras do reino mágico de Aster, localizado em uma dimensão paralela (?). Sem saber de sua origem fantástica, Airi, de 15 anos, vive no Japão (pois a porta para 99,9% das dimensoes paralelas se abre no Japão, ou melhor, como a CLAMP nos ensinou, mais exatamente na Torre de Tókio).

  Sua vida era comum, até o dia em que encontra na rua um meninho perdido (*o*). O que ela não sabia é que o menininho era o príncipe Aram, ou melhor, Aster-ae-Daemonia Eucarystia Alam. Aram é o jovem príncipe do Reino de Aster, que veio parar no Japão por meio de um portal no espelhinho de estrela da nossa protagonista. O espelhinho, que Airi herdou de sua vovózinha mágica, era mais do que um objeto de bolsa, era uma porta de volta para casa.

    O portal, que ficara fechado por tantos anos, foi aberto pelo pequeno príncipe Aram que procurava um lugar onde pudesse se proteger de seu irmão (que nem tão malvado assim, e é um dos melhores personagens de todos) Jeile.

Os príncipes de Aster: Aram (versão teen) com a bonequinha Airi (*o*), e o seu irmão Jeile

    Airi se sente na obrigação de cuidar daquela criancinha sozinha (o pequeno Aram tem apenas 7 aninhos). Ela só não sabia do efeito colateral que o menino tinha. Graças a um feitiço lançado por seu irmão, quando Aram fica em um local totalmente escuro, ele envelhece 10 anos, assumindo a aprência de um jovem de 17 anos. E, o único jeito dele voltar ao normal, é se ele receber um beijo de amor verdadeiro da sua princesa (oooooooown).

  Nessa confusa relação, que começou com um sentimento maternal que se desenvolve para amor, (quem falar que Merupuri faz apologia a pedofilia vai levar uma tijolada na nuca. Tanto que os personagens esperam atingir a maioridade de ambos antes de concretizar a sua paixão, e Aram tem valores diferentes, por ter sido criado como um monarca, daí a sua necessidade de escolher uma esposa cedo (ele foi criado e educado para isso))Airi se ve conectada a família real de Aster, coisa que permite a ela, durante a história, descobrir mais sobre a sua própria história e o seu passado mágico, e o porque de sua família viver agora na terra, e não mais em Aster.

  Merupuri é um mangá extremamente bonitinho, que vale super a pena ler. Eu recomendo para todo mundo, em especial para aqueles que querem se aventurar no mundo dos mangás shoujo. Eu conheço várias outras pessoas além de mim que começaram a ler mangás por Merupuri, e eu sempre indico ele como o primeiro mangá para alguém ler, pois com a sua história apaixonante, é um ótimo primeiro passo para o universo Otaku.

  Sem falar, é claro, na qualidade de traço e história de Hino Matsuri que, com certeza, é uma das maiores autoras de mangá shoujo da atualidade (e com o traço mais bonito também). (Mas eu sou suspeita, porque sou fã de carteirinha mesmo ^^).

XOXO

Mallu

P.S: exite uma resenha muito boa de Merupuri (que coloca a minha no chinelo) da Valéria, do Shoujo Café, que foi feita na época do lançamento do mangá por aqui. E outra, ,ais completa e da mesma autora, no Shoujo House.

Finalmente Chegou!!!!!!!!!!!

7 ago

Oi!!^^

  Hoje finalmente chega nas bancas o volume final de Destino Cativo, de Hino Matsuri, que é publicado pela editora Panini.

  O volume era para ter chego nas bancas na semana passada. Como ele não chegou, pensei que teria um graaaande atraso, como ocorreu com o volume 6 de Galism. mas não, foi só uma semaninha, ainda bem!!^^

  Então, será que realmente teremos Vampire Knight 7 nas bancas daqui a dois meses??? mal posso esperar!!!Tomara que sim! \o/\o/\o/

  Então, eu peço desculpas pelo que disse anteriormente sobre o atraso. Não deixa de ser um atraso, mas só uma semaninha a gente perdôa…

 

XOXO

Mallu

VK: Hierarquia dos Vampiros

29 jul

Oi!!^^

  Algumas pessoas ficaram um pouco confusas com relação a alguns termos que eu usei nos posts anteriores sobre VK, então eu fiz esse post que funciona como uma espécie de “dicionário” para os termos que frequentemente irão aparecer nos posts (anteriores e futuros) sobre Vampire Knight.

  Entã eu vou explicar um pouquinho como funcionam as coisas dentro do universo de Vampire Knight:  A Classificação dos vampiros e os Hunters.

  Em ordem decrescente de importância:

Clã Kuran: São vampiros puro-sangue, porém conseguem ser ainda mais poderosos que os demais sangue puros. São descendentes diretos dos primeiros vampiros que surgiram e compunham a monarquia da sociedade dos vampiros.

Vampiros Puro-Sangue: São vampiros cujo sangue não possui rastros humanos. Para tentar manter a pureza de seu sangue, não geram descendentes com humanos ou com vampiros de nível inferior. São muito poderosos e respeitados por todos os vampiros. O Seu sangue é extremamente poderoso para os demais vampiros, porém, para os vampiros, beber o sangue de um vampiro sangue-puro é um tabu. São muito raros. São responsáveis por controlas o mundo dos vampiros. A mordida de um puro-sangue é capaz de transformar um humano em vampiro (isso quando a vítma não morre…). Atualmente criar novos vampiros desse modo é proibido.

Vampiros Nobres: são um grupo de minoria entre os vampiros, porém não tão raros como os puro-sangues. Os vampiros nobres também possuem alguns poderes especiais. cada um com seu poder específico além do poder de apagar memórias. Seu sangue é quase puro, contendo um pouco de sangue humano vindo de linhagens anteriores e em pouca qantidade. São rivais dos Hunters na eliminação dos vapiros Level E. auxiliam os puros-sangue no controle da sociedade dos vampiros, compondo o Conselho dos Anciões.

Vampiros Comuns: Vampiros que já nasceram como vampiros, mas cujo sangue não é puro, tendo mistura com sangue humano ou com sangue de vampiros ex-humanos.

Vampiros Ex-Humanos: São humanos que foram transformados em vampiros pela mordida de um vampiro puro-sangue. São quase a escória da sociedade dos vampiros, pois, pouco a pouco, vão perdendo o controle de suas ações e inevitavelmente decairão para o Level E. Seus organismos não aceitam as pastilhas de sangue, e a ausência de sangue humano os enlouquece.

Vampiros Level E: São vampiros totalmente fora de controle, que fazem qualquer coisa para obter sangue. São fracos, porém muito cruéis. São bestas que devem ser caçadas, e essa responsabilidade é dos Vampire Hunters e dos Vampiros Nobres.

 

Instituições

Associação dos Vampire Hunters: organização de humanos que sabem da existência dos vampiros, e utilizam armas Hunters (que não prejudicam os humanos, mas são letais para os vampiros) para matar os vampiros Level E cujos nomes vão parar na lista de execuções da Associação.

Concelho dos Anciões: Vampiros nobres que se se reúnem em um Conselho que dita as regras que devem ser seguidas no mundo dos vampiros. Surgiu após os Kuram terem abdicado do posto de família real. Mas mesmo o Concelho dos Anciões se dobra perante as vontade dos Kuran.

 

  E é isso. Espero que todos tenham entendido e que tenha servido de alguma ajuda.

XOXO

Mallu

Kaname ou Zero???

29 jul

Oi!!^^

  Voltando a falar de Vampire Knight  (e a gente tinha parado de falar disso?). O mangá e ótimo o anime também e blá blá blá. Só que…

  Como que a gente escolhe o personagem predileto deste mangá???? A Hino-sensei caprichou absurdamente no Zero e no Kaname! É impossível querer um só! Então eu fiz um pequeno comparativo aqui, pra ver se facilita (ou dificulta) a vida de alguém…

444c6d69fa8b9f5924b0d50ce98480b81226718989_full

Quesito 1: Beleza (sim, é importante)

 Empate! Aí tem que ver a preferência de cada um, né? Mas os dois são lindos.

 Quesito 2: Inteligência

Kaname vence. Aquela cara concentrada dele soa mais esperta que o bico do Zero.

 Quesito 3: Sensualidade (ui!)

Zero vence. Aquela camisa branca meio aberta e aquela carinha de “cuida de mim por favor” são sem comentários. Mas essa foi quase empate.

 Quesito 4: Dinheiro

Kaname. Alguma dúvida?

 Quesito 5: Charme

Kaname again. Você também quer ser convidada para sentar-se ao lado dele?

 Quesito 6: Cortesia

Kaname. Ele pelo menos aceita os chocolates de valentine’s day O.O

 Quesito 7: Proteção

Zero ganha. Ele protege a Yuuki diretamente, ao invés de mandar outro fazer, como o Kaname.

 Quesito 8: Poder

Kaname né? Quer mais que um sangue-puro de linhagem real?

 Quesito 9: Temperamento

Nenhum dos dois. Os dois são difíceis. Kaname é autoritário e Zero é problemático.

 Quesito 10: Lealdade

Zeeeroooo!!

 Quesito 11: Força

Kaname. O Zero é forte também, mas o Kaname é capaz de usar a “força da mente” ooooohhhhhhh!!!

 Quesito 12 : Atrevimento (no bom sentido…)

Kaname. Enquanto o Zero desiste de dar um beijo na Yuuki, o Kaname dá vários^^

 Quesito 13 : Timidez (kawaiii)

Zero *-*

Quesito 14: Mistério (adooooro um mistério!)

Kaname. Certeza. Aquele olhar que não deixa ninguém saber no que ele está pensando.

Quesito 15: Honestidade

Nenhum. Todo mundo tem os seus segredinhos…

Quesito 16: Alegria

Vale o Idol? rsrsrsrsrsr

Quesito 17: Certinho

Nenhum dos dois. Ponto pra eles! Ainda bem que eles não são certinhos! rsrsrsr! Quem gosta de bom menino é a tia do primário!

Quesito 18: Humildade

Zero. Kaname não é humilde…maas ele pode! rsrsrsr

Quesito 19: Bondade

Os dois. Por que no fundo ambos tem bom coração *-*

Quesito 20: Amor

Kaname. Zero desistiu.

Quesito 21: Carência (no bom sentido…)

Zero. Ele precisa de cuidados gente!

Quesito 22: Fofura

Zeeerooo! Ele é tão problemático ^^

Quesito 23: Carinhoso

Kaname. O Zero não é muito meigo quando ele morde o pescoço da Yuuki…

Quesito 24: Educação

Kaname, claro. Ele é um príncipe…

Quesito 25: Bom Gosto

Os dois. Ambos se vestem muito bem, cada um no seu estilo. O Kaname é mais alinhado e o Zero…o Zero é hot gente!

Quesito 26: Idade

O Zero é mais jovem…. Tipo assim… MUUUUITO mais jovem.

Quesito 27: Cabelo

Os dois. Não dá pra escolher. Simplesmente não dá.

Quesito 28: Simpatia

Kaname. O Zero dá medo.

Quesito 29: Elegância

Empate.

E, por fim… Quesito 30: O Namorado Ideal

Tenjo Night! *-* QQQ! Mas ele não é desse mangá… aaaaaaahh. (Momento Zettai Kareshi)

Conclusão final:  Kaname ganha com 18 pontos contra os 14 de Zero… Mas esses quesitos são só ilustrativos mesmo….

Mas não tem conclusão.

  Eu tive minha fase de gostar mais do Kaname, aí mudei para o Zero… Aí voltei para o Kaname… Aí gostava mais do Zero de novo… rsrsrsrs E Vocês? Quem vocês escolhem??

_Vampire_Knight_ZeroxKaname__by_KaseiArt

XOXO

Mallu

VK Characters: Kiryuu Zero

29 jul

Oi!!^^

  O post do Zero.

 

O Vampire Hunter: Kiryuu Zero

 

largeAnimePaperscans_Vampire-Kni-22

 

  Zero. O menino sofrido.

  Ainda criança, Zero viu seus pais serem mortos pela vampira puro-sangue Hiou Shizuka. A vampira também o torturou, mas optou por não matá-lo. Zero, agora órfão, foi acolhido por Cross Kaien, e passou a ser criado como o irmão de Yuuki. Diferentemente de Yuuki, por ter lembrança de seus pais verdadeiros, Zero não aceita o diretor Cross como seu pai, embora tenha muito respeito e estima por ele por tê-lo criado.

  Zero é apaixonado por Yuuki. Não gosta de Kaname por ciúmes e também por medo de ele transformar Yuuki em uma vampira.

  É um menino muito calado, fruto de seus traumas de infância. Por traz de sua belíssima aparência, se oculta um feroz desejo de vingança. Zero odeia os vampiros, e sonha com o dia em que poderá vingar-se da assassina de seus pais.

  A família Kiryuu é uma tradicional família Hunter (caçadores de vampiros, responsáveis por eliminar, junto com os vampiros nobres, os vampiros que perdem totalmente sua parte humana e decaem para o Level E). Seus pais foram mortos pois, para cumprir com a lista de execuções dos Hunters, mataram um vampiro, cuja mestra era Shizuka. Shizuka era apaixonada por esse vampiro, e como a sua forma de vingança, eliminou a família Kiryuu.

  Zero, no entanto, não foi morto. Mas Shizuka o mordeu. E quando um vampiro puro-sangue morde um humano, ele se torna um vampiro.

  Zero tem um irmão gêmeo, Kiryuu Ichiru, que possuía uma saúde frágil. Zero acredita que Ichiru tenha sido morto por Shizuka no momento em que ela matou seus pais.

  Apesar de ser vingativo e rancoroso, Zero é bom. Ele é leal, protetor e gentil, sendo querido por aqueles que conseguem ver através sua capa de menino recluso.

  Possui um mestre, Touga Yagari, que é um famoso Vampire Hunter que treinava Zero e Ichiru para se tornarrem Hunters no futuro. Apesa de treinar ambos os meninos, o mestre tinha um carinho especial por Zero, o amando como se fosse um filho. Ele perdeu o seu olho direito quando foi salvar a vida de Zero, que estava prestes a ser atacado por um Level E. Ele está sempre disposto a proteger Zero, mas também é capaz de puní-lo, como um verdadeiro pai.

  A Arma Hunter de Zero é a aclamadíssima pistola Bloody Rose (rosa sangrenta),  que não é capaz de ferir humanos, mas é extremamente forte contra vampiros.

  Zero realiza trabalhos como hunter, apesar de ser   um vampiro, o que faz  com que ele sofra preconceito na Associação Hunter.

SPOILERS SOBRE ZERO ABAIXO, selecione o texto em amarelo para poder ler.

 

  Zero lembra-se de que, quando estava com Shizuka no momento do ataque em sua casa, ele vê Ichiru e o manda fugir. Por isso ele não tem certeza se o Ichiru está vivo ou morto.

  Existe uma espécie de maldição chamada Maldição dos Gêmeos, que diz que é impossível que nasçam gêmeos em uma familia Hunter. Se eles fossem gerados, o mais forte deveria absorver o mais fraco dentro do útero materno. Mas como Zero e Ichiru nasceram, Ichiru é uma criança extremamente debilitada que jamais teria forças para ser um Hunter. Ichiru, ao ter noção da sua condição desfavorecida, alia-se a Shizuka, pois ambos eram sofredores. E é Ichiru quem pede que Shizuka poupe a vida de Zero.

      Para impedir que um vampiro ex-humano decaia para um Level E, é necessário que o mesmo beba o sangue de seu mestre. Porém Kaname mata Shizuka antes que Zero possa beber o seu sangue. Kaname então oferece seu sangue para Zero, que, além de conter o sangue de sua mestra, é o sangue de um Kuran, o sangue mais poderoso existente.

  Essa é também a explicação da potência e atração do sangue de Yuuki.

  Depois, Ichiru pede a Zero que sugue seu sangue, como uma forma de cumprir o destino dos gêmeos, para que Zero fique com a força de Ichiru, que acha que nunca deveria ter nascido. Zero o faz, e se fortalece para a batalha onde enfrentará Rido.

  Com o sangue de Kaname, de Shizuka e de Ichiru, além do de Yuuki, Zero está forte o suficiente para matar Rido.No anime, Yuuki ajuda Zero a matar Rido. Já no mangá, quem auxilia Zero é Kaname.

  Porém, com Yuuki agora sendo uma vampira, Zero faz um juramento de que, na próxima vez que a ver ele irá matá-la. O que ninguém acredita, pois ele ainda a ama. O que realmente é possível de perceber é a necessidade de Zero em ter um inimigo por quem continuar vivendo. Ele é movido por vingança.

  Zero depois chega a ser mencionado para se o futuro presidente da Associação Hunter, mesmo que ainda sofra com o preconceito de muitos Hunters por ser ele mesmo um vampiro.

  E a Bloody Rose também sofre uma evolução legal na batalha contra Rido, igual ao Bastão de artemis de Yuuki. A Bloody Rose faz surgirem um emaranhado de espinhos letais.

 

XOXO

Mallu

VK Characters: Kuran Kaname

29 jul

Oi!!^^

  Segue agora o post que fala do Kaname. KANAAMEEEEEEEEEE *-*

 

O vampiro puro-sangue: Kuran Kaname

largeAnimePaperscans_Vampire-Kni-21

 

    Kaname. O vampiro perfeito.

  Kaname é um jovem frio. Ele esta sempre calmo e sereno enquanto planeja os seus proximos movimentos no “jogo” que ele criou em sua mente : proteger Yuuki. Calculista e manipulador, ele sempre sabe o que irá acontecer, as situações difíceis que podem surgir e a maneira como as pessoas provavelmente irão agir dentro delas.

  Além de ser um vampiro puro-sangue, Kaname é de uma linhagem superior. Os Kuran exercem influência e autoridade não só sobre os vampiros abaixo dos puro-sangue, mas sobre os demais sangue-puro. Sua linhagem era a composição da monarquia na sociedade dos vampiros, o que foi abolido após a proposta de co-existência pacífica entre humanos e vampiros, proposta pelos próprios Kuran. Mesmo não sendo mais monarcas, qualquer descendente dos Kuran é tratado com temor e respeito, afinal, eles ainda tem o poder de convocar um exército só para eles. Não é possível que um vampiro inferio contrarie as ordens de um puro-sangue, muito menos de um Kuran.

  Kaname usa essa autoridade para impor limites aos vampiros que frequentam a Night Class, recebendo então o posto de líder do do Dormitório da Lua. Ele, assim como seus pais, é um pacifista.

  Em oposição ao lado frio e autoritário de Kaname, ele é extremamente amável quando se trata de Yuuki. Tudo o que Kaname faze planeja são voltados para o bem de Yuuki. Ele odeia Zero, não só por ele ter parte do afeto de Yuuki, mas também por ele amá-la. mas sabe que, por conta do amor que Zero sente por Yuuki, ele sempre irá protege-la. Este é um dos motivos de Kaname para manter Zero vivo. Kaname é contra que Yuuki forneça seu sangue para Zero, e apenas permite que isso ocorra pois sabe que é necessário para que Zero se mantenha estável e não decaia para um Level E, o que impossibilataria que ele protegesse Yuuki, bem como que fosse usado por Kaname em seu plano de vingança (que será revelado nos spoilers daqui a pouco, hehe).

 

SPOILERS SOBRE KANAME ABAIXO, selecione o texto em amarelo para poder ler.

 

  Kaname não é o verdadeiro irmão de Yuuki. O verdadeiro irmão de Yuuki foi assassinado por Rido, que é o doidão do mangá. Kaname é um ancestral dos Kuran que foi ressucitado no corpo do menino por Rido. Como foi Rido quem o despertou, Rido então é o mestre de Kaname.

  Após Rido assassinar seu sobrinho, seu irmão Haruka e sua irma Juuri ( que eram casados.)(sim, os três são irmãos) ( e sim, é inceeeeeestooooooo Oo), Kaname tenta destruí-lo. Mas como Rido é o mestre de Kaname, por mais que kaname tente, ele nunca será capaz de realmente matá-lo. No entanto, Kaname destruiu o corpo do seu tio de tal forma que ele precisou de 10 anos para se recuperar.

  E como Rido é doidão, Kaname sabia que assim que o corpinho dele se recuperasse, ele viria atrás de Yuuki e de Kaname, pois, além de ele odiar Kaname por Kaname possuir o título de “Rei dos Kuran”, título que ele desejava, Rido quer Yuuki por outro motivo: ele sempre quis se casar com Juuri, mas ela se casou com Haruka.  E como Yuuki é praticamente o clone de sua mãe, ele quer usá-la como substituta do posto de Juuri… 

  Então Kaname planeja cuidadosamente para que Zero se fortaleça a ponto de se tornar capaz de matar Rido. E esse é o grande motivo de Kaname manter Zero vivo. Dessa forma, assim que Rido fosse morto, Yuuki estaria segura para sempre. E é claro que deu certo, por que o Kaname é suuuper inteligente e o seu plano obviamente iria funcionar *-* . Ou pelo menos está funcionando por enquanto…

 

XOXO

Mallu

VK Characters: Cross Yuuki

29 jul

Oi!!^^

  Eu pretendia fazer um único post falando dos três personagens centrais de Vampire Knight. Mas, como sempre, eu exagerei um pouquinho…

  Então eu resolvi dividir: um post para cada personagem central \o/ \o/

  Vamos começar pelo da Yuuki.

  (espero que eu consiga agrupar os demais personagens ~~)

 

A heroína: Cross Yuuki

largeAnimePaperscans_Vampire-Kni-23

 

  Yuuki. Uma menininha sem passado.

  É uma jovem meiga e ativa, além de muito prestativa. Como está sempre muito alegre e sorridente, é difícil para os outros saberem quando ela está sofrendo. Por tras de seus olhos grandes e brilhantes, existe uma névoa que a assombra: ela não consegue resgatar suas memórias, como se elas estivessem bloqueadas. O medo e a tensão constante de não poder determinar sua origem a atormentam. Por que Kaname estava lá? Por que ele é o seu começo? Teria sido ele quem apagou suas memórias?

  É apaixonada por Kaname, e se sente insegura quanto a esse amor, pois mesmo que ele demosntre muito afeto por ela, as “diferenças” que existem entre eles funcionam como uma barreira para Yuuki. Também tem um grande amor por Zero, a quem procura sempre cuidar e poteger. A princípio Yuuki o trata como um irmão mais velho, mas conforme o tempo passa, ela vai percebendo que Zero a vê com outros olhos. E talvez ela o veja da mesma maneira…

  Yuuki também é muito corajosa. Após descobrir o segredo que Zero escondia, ela não hesita em fornecer seu próprio sngue a ele para que ele não decaia para um Level E. Sua coragem também permite que exerça o trabalho de monitora na Academia Cross, pois ela não tem medo de enfrentar os vampiros. Usa sempre amarrado em sua perna o Bastão de artemis, que é a sua Arma Hunter (armas que repelem vampiros mas que não agridem humanos).

  De uma forma geral, ela é uma menina um pouco indecisa quanto aos seus sentimentos amorosos.

  Eu gosto da Yuuki. Embora ela não tenha o carisma e a presença de outras heroínas de Hino-sensei, como Airi e Artie. Ela as vezes é meio… sem sal??

 

SPOILERS SOBRE YUUKI ABAIXO, selecione o texto em amarelo para poder ler.

 

    Quando Yuuki estava a beira da loucura por tentar constantemente e sem sucesso recuperar as suas memórias, Kaname, com o objetivo de salvá-la, suga o sangue de Yuuki e dá o seu próprio sangue para ela por meio de um beijo. Fazendo isso, ele reavivou as memórias e poderes de Yuuki que estavam selados. Yuuki era uma vampira. Era irmã e noiva de Kaname. Ela não era mais Cross Yuuki, ela era Kuran Yuuki, a princesa dos Kuran. Seus poderes haviam sido selados por sua mãe, Juuri, que ofereceu sua própria vida em troca do ritual de fazer a filha não ter contato com seu passado, como forma de protegê-la de seu insano tio Rido. Yuuki viveu como humana por 10 anos, sob a cuidadosa vigilância e proteção de Kaname.

  Após seu lado vampiro ser acordado, Yuuki se torna mais fria e mais depressiva. Ela não se conforma de ter passado sua vida inteira apaixonada por seu irmão (que na verdade não é seu REAL irmão… o verdadeiro irmão de Yuuki foi assassinado por Rido, e Kaname é um ancestral dos Kuran que foi desperto no corpo do real filho de Juuri e de Haruka. Mas ela não sabe dessa parte ^^)

  Yuuki, no entanto, continua guardando grande afeto por Zero. No seu coração, mesmo depois de estar vivendo com Kaname, Zero ainda ocupa um espaço muito grande. Ela, no fundo, não consegue saber quem ela ama mais, ficando em dúvida quanto aos seus sentimentos.

  Após se tornar uma vampira, o seu bastão passa a rejeitá-la. Mas como ela insiste em usá-lo, ele evolui e se transforma na foice gigante que aparece na ilustração da capa do volume 2.

 

XOXO

Mallu

Vampire Knight

28 jul

Oi!!^^

  Hoje (finalmente), eu vou falar de uma das minhas série favoritas: Vampire Knight, de Hino Matsuri. Como a série é muito querida por mim, talvez o post fique um pouquinho longo, sorry.

vampireknight

(Ilustração da capa do primeiro volume)

 

    O mangá é originalmente publicado no Japão na revista shoujo LaLa desde 5 de Julho de 2005. No Brasil, o mangá é publicado pela Editora Panini. No Japão, o mangá já teve seu décimo volume publicado, e conta atualmente com 52 capítulos.

  Aqui nas nossas terras tropicais, a publicação do mangá foi interrompida em Abril de 2008, após o lançamento do volume 6, devido ao encontro da edições brasileira/japonesa. Para mais detalhes sobre esse tema, por favor verifiquem o post Vampire Knight: A publicação volta ou não? (https://yonihon.wordpress.com/2009/07/03/vampire-knight-a-publicacao-volta-ou-nao/) que eu escrevi aqui no blog mesmo… Mas não se aflijam! Se Destino Cativo 5 realmente for lançado nesta semana, provavelmente até o fim de setembro teremos vampire Knight 7 nas nossas bancas^^ (parece até um sonho!).

  O mangá conta a história de Yuuki, que não possui memórias do seu passado antes dos seus 5 anos. Suas primeiras lembranças são de uma paisagem com neve, onde ela é atacada por um vampiro mau e só sobrevive graças ao socorro de um belo vampiro gentil, chamado de Kuran Kaname.

  Kaname leva Yuuki para a casa do diretor Cross Kaien, que adota Yuuki e a cria como se fose uma filha. Alguns anos após, Kaien abriga em sua casa o menino Kiryuu Zero, filho de uma tradicional família Hunter (caçadores de vampiros), cuja família inteira foi assassinada durante um ataque de uma vampiro puro-sangue. Zero é uma criança muito fechada, que carrega um enorme ódio pelos vampiros e um perigoso desejo de vingança.

  Temos então os participantes do triângulo, pois não dá para se fazer uma boa história de amor sem um triângulo. Yuuki, que ama e admira Kaname desde sua infância, fica com seus sentimentos abalados ao falar com o melancóico Zero. E é claro que ambos estão dispostos a lutar por esse amor. Diferentemente da maioria dos animes e mangás, o triângulo de Vampire Knight não é de solução obvia. Mesmo após um ponto da história onde a protagonista escolhe um par, é constante a atmosfera de que tudo pode mudar. O final é pouco previsível, e Hino Matsuri deve estar sofrendo um bocado para definí-lo, já que ambos os galãs tem uma torcida gigantesca. (Alguém já percebeu na incrível habilidade da Hino-sensei em criar os homens perfeitos? Gente, essa mulher tem uma imaginação gloriosa… Kaname, Zero, Aram, Scars, Jeile… são tantos^^)  (Eu sou partidária do casal Kaname+Yuuki maas… a Yuuki é absurdamente sortuda.)

vampire-knight-zero-kaname

 

 (Da esquerda pra direita: Zero, Yuuki e Kaname)

 

    O enredo se desenrola na Academia Cross, dirigida pelo pai adotivo de Yuuki. Os alunos da academia se dividem em dois períodos. A Day Class é formada pelos alunos normais (vulgo= humanos), enquanto a Night Class é formada pelos vampiros. Zero e Yuuki são os monitores, e tem o dever de proteger osegredo da Night Class. Enquanto Kaname, que é um vampiro puro-sangue, portanto capaz de exercer influência sobre os demais vampiros, fica engarregado de controlar os seres noturnos que vivem na escola, impedindo, junto com os monitores, que os vampiros ataquem os humanos.

  Vampire Knight ganhou um anime de 13 episódio em 2008, que teve uma continuação, Vampire Knight Guilty, também com 13 episódios, que foi exibida até 2009. Não se sabe ao certo se haverá uma terceira temporada, pois mesmo o anime não tendo um final definitivo, já que nem o mangá terminou de ser publicado, ainda não existe nenhuma promessa de continuação.

  Ambas aberturas do anime possuem músicas da banda ON/OFF, sendo a música da primeira abertura Futatsu No Kodou To Akai Tsumi, e do Guilty Rine Rondo (é maravilhosa a segunda abertura *-*). Já os encerramentos são cantados pela cantora Kanon Wakeshima, com as músicas Still Doll (Primeira temporada) e Suna no Oshiro (Guilty). Eu fiz um post sobre a Kanon Wakeshima aqui no blog (https://yonihon.wordpress.com/2009/07/17/kanon-wakeshima/). lá vocês podem ver os vídeos dos dois encerramentos de VK.

(Vídeo da abertura de Vampire Knight Guilty, música Rine Rondo do ON/OFF)

 

  É claro que existem diferenças entre o mangá e o anime, que eu não vou citar para não dar nenhum spoiler, hehe. Mas de uma forma geral o anime é bastante fiél ao mangá, e não possui nenhuma alteração muito brusca da história (Só no final….)(Tá, não resisti, vou citar algumas das principais diferenças no final do post, depois de me despedir. Quem não gosta de spoilers, por favor não leia.). Ambos valem a pena e merecem atenção, mas é claro que eu gosto mais do mangá, como sempre.

  Espero que tenham gostado do post, e peço desculpas por ele ter ficado tão longo. Eu recomendo Vampire Knight, tanto o anime quanto o mangá estão na minha lista de favoritos e só perdem para OURAN High School Host Club… Em breve eu farei um post dedicado especificamente aos personagens de Vampire Knight, fiquem de olho.

  Eu recomendo (MUITO!!)^^

XOXO

Mallu

 

ATENÇÃO SPOILERS ABAIXO!! Selecionem o texto em amarelo para poder ler.

  Algumas diferenças entre o anime e o mangá

  Despedida entre Zero e Yuuki: No anime, Zero oferece seu sangue, para a então vampira Yuuki. Já no mangá, eles se beijam. Mas ambas são diferentes formas que Zero usou para mostrar a Yuuki os seus verdadeiros sentimentos, ou seja, o significado foi o mesmo.

  O Kaname não perde sua mão lutando contra o Zero no anime, como acontece no mangá. Uma pena, pois o capítulo 49, que é exatamente em seguida de onde o anime parou é um de meus favoritos, onde, para poder reconstruir a sua mão, kaname precisa do sangue de Yuuki. Pois ele só ficará plenamente satisfeito se obter o sangue da pessoa amada *-*. (Mas por outro lado, a mão dele é muito bela para ser perdida…)

  No anime, em nenhum momento se fala a idade atual dos personagens. Já no mangá é citado que Zero tem 17 anos e que ele repetiu de ano na escola. Se Yuuki e Zero estão na mesma classe, Yuuki portanto tem entre 15 e 16 anos.

  No anime Zero não diz que aceitou o trabalho de monitor para não deixar Yuuki sozinha correndo perigo entre os vampiros. Ou seja, Zero é um monitor principalmente para proteger Yuuki, ao invés do segredo da Night Class.

  No anime os vampiros não são sensíveis ao sol. Enquanto no mangá é mecionada dor por parte dos vampiros após longa exposição aos raios solares.

  O Kaname do mangá é mais sensível, ao passo que o Kaname do anime é frio e calculista (ainda bem que ele fica maravilhoso de qualquer maneira^^).

  Só no mangá é mencionado que os Kuran tem o sangue mais puro de todos, ficando ainda acima dos demais puros-sangue e sendo como se forrem a realeza. No anime, é dito apenas que os Kuran exerciam a realeza, sem explicar o motivo disso. Além de não deixar claro que os Kuran criaram o pacifismo atual entre humanos e vampiros.

  No mangá Yuuki tem visões de sangue como no anime, mas não fica ouvindo vozes em sua mente como acontece em VK Guilty. Kowaaaaaaai!!!

  No anime Kaname permite com que Ichijou mate seu avô. No mangá Kaname mata não só o avô Ichijou, o Ichijou (hehe), mas o conselho de anciões inteiros (baaad booooy!!). Tanto no anime como no mangá, o Ichijou (neto) pede para matar o Ichijou (avô), poie ele alega que esse é seu dever.

  No mangá Zero bebe o sangue de Kaname uma vez. No anime são duas (safadjeenhooo).

  O Mangá tem mais beijos que o anime…. Na verdade só tem UM beijo no anime… bluuuuu.

  No mangá é citado que, como Rido era apaixonado por Juuri, e Yuuki se parece MUUUITO com Juuri, ele ao invés de devorá-la, tenta torná-la dele. (O Rido além de ruim pra dedéu é extremamente pervertido. Psicopata!)

  No momento de transição entre as duas temporadas do anime ocorrem umas diferenças meio esquisitas. No anime, Yuuki para de falar com Kaname por ele ter não ter negado que Zero assassinou Shizuka, e Zero é acorrentado em um calabouço (tadiinhoo!!). Já no mangá, Yuuki para de falar com Kaname após ele ter acusado Zero de ser suspeito de atacar uma garota do Day Class.

 

  Essas são as que eu lembrei…talvez eu tenha perdido algum detalhe….

  Então, para ter certeza eu procurei pela net para ver se alguém tinha uma lista mais completa. Eu achei uma lista bem interessante neste blog: http://4night.blogspot.com/2009/06/review-anime-vampire-knight.html. 90% da lista desse blog bateu com a minha, o que me deixou bastante tranquila. Mas eu citei o link aqui como uma referência para quem se interessa bastante por Vampire Knight. Lá tem que a Maria é capaz de controlar um gato… Eu não lembrava dessa… Hehe

 

XOXO²

Mallu²