Arquivo | Listas RSS feed for this section

Feliz dia Internacional da Mulher!!!

8 mar

Oi!!

Vamos começar dando uma bronquinha no Patrício que postou hoje e nem parabenizou a mulherada! Coisa feia hein??

E como ano passado eu fiz um post especial do Dia do Homem com os top homens divos dos mangás e animes, hoje eu trago as deusas asiáticas! Então meninos, se preparem!! E parabéns meninas pelo dia de hoje! E agora vamos que vamos pras nossas musas do oriente!!

Mangás e animes

Ayuzawa Misaki (Kaichou wa Maid Sama)

  E abram alas para a senhora presidente (que não é a Dilma)! Misaki é a aluna mais CDF da escola e presidente do conselho estudantil que comanda a escola com mão de ferro. Além de ser uma jovem extremamente bonita e sexy que usa com muita esperteza o seu charme para trabalhar em um café cosplay. Ela pode fazer isso só pela renda, mas ninguém pode negar que com toda a sua sensualidade tsundere ela é perfeitamente (e deliciosamente) irônica para o trabalho de maid-submissa. Você também cairá nas graças dessa mulher mandona e inteligente, mas que de vez em quando coloca um avental e te chama de mestre. Meninos, babem pela Misaki, e meninas: aprendam com a mestra porque essa mulher é PODER!

Ichihara Yuuko (XXX Holic)

Chega até ser injusto com as outras garotinhas mencionadas colocar a Yuuko deusa do sexo nessa lista. Mas é impossível deixar de incluir a mulher mais sensual do mundo dos mangás. Ela é uma misteriosa feiticeira capaz de realizar desejos mediante um pagamento equivalente. Ela é extremamente poderosa e excêntrica, além de ser voluptuosa e utilizar sempre roupas que destaquem esse fato. E então, será que ela deve atender ao seu desejo?

Fujioka Haruhi (OURAN High School Host Club)

Haruhi é a perfeita anti-heroína de shoujo mangá. Ela é uma das personagens mais bonitas já criadas, porque ela não é kawaii nem tsundere. Ela é apenas sincera consigo mesma e com os seus sentimentos. Ela tem seus momentos de fraqueza? Claro que tem! Mas ela também tem uma força extraordinária para seguir em frente sem precisar ficar sendo salva a cada instante. Ela é esforçada, determinada, leal e prendada! Ela é o tipo de pessoa que dá valor às simples alegrias da vida, mas também aprende a apreciar o luxo. Ela se adapta aonde estiver, sem nunca deixar de ser ela mesma e perder a sua essência. Além de que ela faz o que for preciuso para atingir seus objetivos. Por mais desanimada que ela pareça à primeira vista, ela é o tipo de mulher que não sossega até atingir o seu sonho, mesmo que ele pareça impossível. Ela é simplesmente perfeita! Venha aprender os costumes plebeus com a adorável Haruhi e quem sabe ela não lhe serve um café instantâneo…

Hong Shuurei (Saiunkoku Monogatari)

Shuurei é uma sonhadora. Mesmo vivendo em um período onde apenas os homens poderiam participar da vida política, ela sabia que era tão qualificada quanto qualquer um e nunca desistiu de seu sonho de trabalhar para o império. Ela queria ser uma funcionária pública, o imperador a quer como esposa. Com certeza ela é a mulher mais especial do império de Saiunkoku, e nunca se ouviu falar de uma jovem tão louca e especial quanto ela. Shuurei é inteligente, perspicaz, responsável, além de ser uma dama da mais fina estirpe (mas não pense que ela é dócil e indefesa!). Se o império ficou bem, é poque o imperador aprendeu a ser gente com essa dama!

Oscar François de Jarjayes (Versailles no Bara)

Forçada a viver como um soldado por seu pai que sempre desejou um filho homem, Oscar sempre recebeu modelos masculinos para se espelhar. Isso nunca a impediu de ser feminina e de entregar o seu coração para o homem que ela ama. Oscar tem diversas qualidades notáveis em uma mulher. Ela é inteligente, sagaz, corajosa, elegante e tem uma força surpreendente. Também é capaz de fazer tudo para defender o que ela pensa ser correto e para proteger as pessoas que ama. Se precisasse resumi-la em uma palavra seria: Honra! E é bela… como é bela a nossa rosa de Versalhes…

Dramas

Ikeuchi Aya ( Ichi Rittoru no Namida)

Aya nos ensina tanta coisa… a manter a força e a dignidade em situações impossíveis, e a encarar a vida sempre com um sorriso, porque cada momento é precioso demais. Mesmo que se gaste um litro de lágrimas para entender essas lições…

Shiiba Ayumu (Life)

Essa menina é arretada! Se existe uma coisa que Ayumu não é é passiva! Ela é corajosa e enfrenta as situações de frente! A coisa ficou feia? Ok, então é hora de se levantar e brigar. Ayumu é sensacional. Enquanto as coisas não estiverem boas ela continuará lutando, sem nunca desistir. Uma mulher forte e marcante. A pessoa perfeita para ter do seu lado quando a situação fica preta…

Gil Ra Im (Secret Garden)

Outra tsundere pra nossa lista. Ra Im é uma dublê que gosta de viver perigosamente. Além de ser perigosamente linda… Uma mulher decidida, que é intensa em todos os aspectos da sua vida: família, trabalho e amor. Ela é o tipo de mulher que pode fazer o que quiser. E o que você faria se pudesse ser ela por um dia?

Makino Tsukushi (Hana Yori Dango)

Tsukushi não é apenas mais uma tsundere. Ela é A Tsundere. É a heroína de shoujo perfeita: leal, sincera e esforçada. Mas tome cuidado: ela morde. O que tem de fofa ela tem de brava. Quando provocada ela vira um bicho. MAs ela é o tipo de pessoa que conseguirá tudo o que quiser, inclusive o seu amor. E se ele anda não estiver bom, ela irá ajeitá-lo na base da porrada…

Kim Sam Soon ( My name is Kim Sam Soon)

Como fazer uma lista sem a minha musa dos dramas? Sam Soon é a personagem mais louca já criada. Ela é a heroína destrambelhada que prova que não existe idade para amar, e que não há nada de errado em ser você mesma. Ela não se esforça pra agradar ninguém e extremamente sincera. Ela vive a vida dela da maneira que prefere e que considera correta. Por ser assim, ou é amada ou odiada. Não existem meios termos com essa mulher. Além de ser a melhor pessoa que existe, ela sabe fazer bolo 😀

 

Espero que tenham gostado da lista das minhas personagens femininas favoritas! Meninas, nós podemos não ser incríveis como essas moças, mas nós somos ainda mais extraordinárias por sermos reais! Parabéns pra nós pelo nosso dia!!!

E meninos… depois de uma lista dessas, podem começar a apreciar as mulheres de verdade e deixarem as piriguetes apenas para os prazeres da carne, ok? Essas aí são pra casar! huahahaha

XOXO

Mallu

Os 10 doramas favoritos da Mallu

18 jul

Oi!!^^

Está ficando entediado das férias? Está começando a pensar que voltar para o colégio/faculdade seria legal? Então afasta esses pensamentos hereges e se distraia assitindo algum dorama!

Muito tempo atrás eu fiz uma postagem sobre os meus doramas favoritos. O problema é que esse post continua muito popular, embora esteja desatualizado. Então eu resolvi criar uma lista nova, com os meus 10 doramas favoritos! (Digo dorama por hábito e porque é assim que a maioria das pessoas fala, mas a maior paste da lista é de k-dramas…). Se você clicar no link que aparece nos doramas poderá ler as minhas resenhas completas sobre eles, ou então basta procurar  no blog 😀

10) Personal Taste

  É uma comédia romântica que conta a história do arquiteto Jeon Jin Ho (Lee Min Ho) que finge ser gay para alugar um quarto na Sanggojae, uma casa toda bafão que é habitada pela maluquinha Park Kae In (Son Ye Jin). Kae In, que sofreu muito por amor, fica toda feliz com o seu novo amigo gay. Mas será que é só isso mesmo?

Personal Taste é um K-drama de 16 episódios, e Lee Min Ho ganhou o MBC Drama Award de 2010 como melhor ator por ele.

09) Code Blue

  É um dorama de drama médico. O código azul é utilizado em hospitais para indicar emergências que necessitam de cuidado imediato. Nesse dorama, somos apresentados a um grupo de 4 jovens médicos (interpretados por Yamashita Tomohisa, Aragaki Yui, Toda Erika e Asari Yosuke) que competem por uma vaga como médico oficial de voo, que trabalha nos resgates realizados com o helicóptero.

Code Blue é um dorama japonês com 2 temporadas de 11 episódios cada uma e um especial entre elas. A primeira temporada ganhou o 58th Television Drama Academy Awards por melhor direção para Nishiura Masaki e Hayama Hiroki, e a segunda ganhou o 64th Television Drama Academy Awards como melhor drama.

08) Oh! My Lady

  É uma comédia romântica divertidíssima que conta a história do astro Sung Min Woo (Choi Si Won) que do nada se vê obrigado a cuidar de sua filha de 5 anos, cuja existência ele desconhecia. Para cuidar da fofíssima e manter a sua existência em segredo (afinal, ele é uma celebridade. Uma filha fora do casamento seria um escândalo!) ele conta com a ajuda da ajumma Yoon Game Hwa (Chae Rim).

Oh! My Lady é um K-drama de 16 episódios.

07) Secret Garden

É um k-drama que eu não sei classificar. Tem bastante comédia, bastante drama, tudo envolto em uma temática de fantasia. Conta a complicada e divertida história de amor entre a dublê Gil Ra Im (Ha Ji Won) e o excêntrico milionário Kim Joo Won (Hyun Bin), que em determinados momentos da história trocam de corpos.

Secret Garden é um K-drama de 20 episódios. Ele ganhou diversos prêmios no 2010 SBS Drama Awards, são eles: melhor ator e melhor atriz (para Hyun Bin e Ha Ji Won), prêmio de drama mais popular, premio de ator e atriz mais popular (para Hyun Bin e Ha Ji Won), e o prêmio de melhor casal do ano, para Hyun Bin e Ha Ji Won.

06) Life

  Life é um dorama de drama que mostra até que ponto pode chegar a violência escolar, o famoso Bullying (Ijime no Japão).  Nele temos uma das vilãs mais terríveis de todas, a psicopata Manami (Fukuda Saki), que lidera o ijime pra atormentar a vida da coitada da Ayumu (Kitano Kii). Mas não pensem que ela se rende…

Life é um dorama japonês com 11 episódios. Ganhou o 54th Television Drama Academy Awards como melhor diretor para Tanimura Masaki, e o de mlehor atriz coadjuvante para Fukuda Saki.

05) Boys Before Flowers

É uma comédia romântica com ares de drama, que conta a história do romance difícil entre o herdeiro mais rico do país Goo Joon Pyo (Lee Min Ho) , que se apaixona perdidamente pela pobre Geum Jan Di (Koo Hye Sun), a única mulher fora de sua família que teve a ousadia de enfrentá-lo. É a versão coreana do popular dorama japonês Hana Yori Dango. Apesar de amar Hanadan, eu prefiro a versão coreana. É um drama que todo mundo tem obrigação de assistir!

Boys Before Flowers é um K-drama de 25 episódios. ganhou vários prêmios, são eles: 2009 KBS Drama Awards por melhor atriz de drama para Koo Hye Sun, melhor ator novato para Lee Min Ho, melhor atriz novata para Kim So Eun, melhor casal do ano para Lee Min Ho e Koo Hye Sun, mais popular na internet (?) para Koo Hye Sun; 2009 Seoul International Drama Awards de ator mais popular para Kim Hyun Joong; e o 2009 45th Baeksang Arts Awards de melhor ator novato para Lee Min Ho e de mais popular para Kim Hyun Joong.

04) Nodame Cantabile

É uma comédia romântica incrívelmente divertida que conta o relacionamento entre dois estudantes de música clássica, o prodígio Chiaki (Tamaki Hiroshi), extremamente perfeccionista e organizado, e a super excêntrica pianista Nodame (Juri Ueno), que leva uma vida totalmente anárquica.

Nodame Cantabile tem uma temporada com 11 episódios, 2 especiais (Nodame Cantabile Shinshun Special in Europe) e 2 filmes que finalizam a série, Nodame Cantabile Finalle parte 1 e 2. Ganhou vários prêmios, são eles: 51st Television Drama Academy Awards de melhor dorama, melhor atriz para Juri Ueno, melhor diretor para Takeuchi Hideki, melhor arranjo musical para Takeuchi Hideki e melhor abertura para Hattori Takayuki. Ganhou também o 2nd Seoul Drama Awards como melhor minissérie, melhor música e melhor diretor para Takeuchi Hideki. A atriz Juri Ueno também ganhou o 1st Tokyo Drama Awards como melhor atriz pelos especiais da série.

03) You Are Beautiful

  É uma comédia romântica que conta a história da freira Go Mi Nyeo, que para ajudar seu irmão gêmeo Go Mi Nam (Park Shin Hye), o substitui na banda de sucesso A.N.JELL. Lá, ela conhece o arrogante Hwang Tae Kyung (Jang Geun Suk), um homem capaz de abalar os seus votos.

You Are Beautiful é um K-drama de 16 episódios. Ganhou o 2009 SBS Drama Awards como o dorama mais popular na internet e o top ten stars award para Jang Geun Suk.

02) The Snow Queen

  K-drama de romance e drama, que conta a história (mais tristemente linda que existe) do prodígio Han Tae Woong (Hyun Bin), que depois de um grande trauma assume um novo nome, Han Deuk Gu e se torna um lutador de boxe. Em meio à dificuldades, ele acaba se tornando o motorista da mimada Kim Bo Ra (Sung Yu Ri), com quem vive uma linda história de amor. Mas Bo Ra guarda um terrível segredo, assim como Han Deuk Gu…

The Snow Queen é um K-drama com 16 episódios. Ganhou o 2006 KBS Drama Awards como ator mais popular para Hyun Bin, atriz mais popular para Sung Yu Ri, mais popular na internet para Hyun Bin e melhor casal do ano para Hyun Bin e Sung Yu Ri.

01) My Name is Kim Sam Soon

A comédia romântica mais engraçada de todas, com certeza o meu dorama favorito! Conta a história da divertídissima patissière Kim Sam Soon (Kim Sun Ah), que é completamente louca e tem complexos com a sua idade, com seu nome e com o seu peso. Mas nada disso impede ela de conquistar o bofe escândalo do momento, o seu chefe (mais jovem) Hyun Jin Heon (Hyun Bin).

My Name is Kim Sam Soon é um K-drama com 16 episódios. Ganhou diversos prêmios. São eles: 2006 42nd Baeksang Arts Awards, onde ganhou o prêmio máximo, o prêmio de melhor roteiro, o prêmio de ator mais popular para Hyun Bin, o prêmio de melhor elenco e de melhor casal para Hyun Bin e Kim Sun Ah; o 2006 Seoul Drama Awards como melhor minissérie, e o 2005 MBC Drama Awards como top excellence actress para Kim Sun Ah, top excellence actor para Hyun Bin, atriz de excelência para Jung Ryu Won, melhor ator novato para Daniel Henney, atriz mais popular para Kim Sun Ah, ator mais popular para Hyun Bin e melhor casal do ano para Hyun Bin e Kim Sun Ah.

Olha, esse foi um dos posts mais difíceis que eu já fiz! Foi muito difícil escolher apenas 10 séries, entre as várias que eu gosto. Mais difícil ainda foi determinar a ordem delas (menos das 2 primeiras, que são realmente as favoritas!). Espero que vocês gostem da seleção, e que seja útil para quem está sofrendo de tédio e precisa se distrair com alguma coisa…

XOXO

Mallu

Feliz dia do Homem! Atrasado…

16 jul

Oi!! ^^

  Vocês sabiam que ontem (dia 15 de Julho) foi comemorado o Dia do Homem no Brasil? Pois é, nem eu.  Mas quando eu descobri, eu soube que não poderia deixar essa data passar em branco!

  Então, eu resolvi fazer uma lista com os 5 homens mais desejáveis dos mangás/animes e doramas! Então, meninas se preparem, porque no dia do homem o presente é de vocês. E meninos, por favor, assistam as séries em questão e escolham qualquer um dos candidatos para tentar imitar (se o físico não permite, se inspirem nos bons modos dos moços). As meninas agradecem!

Mangás e animes

Tsukasa Domyouji (Hana Yori Dango)

  O líder do F4. O menino mais lindo e mais rico do país. Um indivíduo orgulhoso e egoísta. Podem falar o que quiser, mas não existe nada mais lindo do que ver esse mimadão do Domyouji totalmente rendido pelo seu amor pela Tsukushi. Além de que ele prova que pode ir até as últimas consequências para proteger e ficar ao lado da mulher que ama.

Mizuno Yunoshin (Ooku)

  Além de ser um samurai lindo e de ser um dos poucos homens que não sucumbiram à terrível e misteriosa doença, ele consegue ser o homem mais homem de todos. Ele está sempre disposto a servir às mulheres “semeando” felicidade entre elas sem cobrar nada por isso (quem conhece a história entendeu…), foi um dos poucos homens do harém que não se submeteu a ser a “menininha da rodada” só porque era novato, e é tão honrado que está disposto a morrer para cumprir com seus deveres. O homem perfeito.

Tenjo Night (Zettai Kareshi)

  Mesmo não sendo de verdade, ele é o namorado que toda menina pediu para Deus. Ele é atencioso, protetor, carinhoso, lindo, forte, um sonho! Ou melhor, ele pode ser programado para ser o que você quiser.

Ro Ensei (Saiunkoku Monogatari)

  Entre todos os homens incríveis do harém que é Saiunkoku Monogatari, eu escolhi o meu preferido para colocar na lista. Ensei é uma graça. Ele consegue ser extremamente gentil em toda a sua brutalidade e é, como a própria Shuurei diz, um “raio de luz” (ou algo assim). Ele consegue ensolarar qualquer lugar e deixar qualquer um feliz. Ele é lindo, viril e extremamente leal.

André Grandier (A Rosa de Versalhes)

  O homem dos sonhos de 10 em cada 10 leitoras/espectadoras da Rosa de Versalhes. Ele reúne todas as qualidades possíveis. Ele é lindo e consegue ser o seu melhor amigo de infância, o seu servo, o seu marido, o seu guarda-costas, o seu companheiro de bar, o seu aliado de batalhas… Enfim, ele é leal à você até a morte e jamais abandona a sua amada em qualquer momento que ela precise dele (mesmo quando ela não precisa, ele sempre está lá em alerta). Ele viverá e morrerá ao seu lado, sem jamais perceber que existem outras mulheres no mundo, afinal a amada é a única para ele. E você não sabia disso? Ele ficou totalmente cego pelo seu amor… (piadinha infeliz, não resisti :/ )

Dramas

Chiaki Shinichi (Nodame Cantabile)

  Ele é lindo, limpinho e cheiroso. Ele lava, passa, cozinha e limpa a casa (a sua e a dele). E não importa se você for imunda e louca, ele eventualmente vai se apaixonar por você porque você é “cheia de personalidade” e porque ele acredita completamente no seu potencial. Ele tem uma profissão maravilhosa e digníssima, e além de tudo vai ser famoso como maestro. É excelente pianista e violinista, e vai alegrar eternamente a sua vida com música. (Eu sei que tem mangá, mas o Chiaki do dorama é tão mais legal…)

Hyun Jin Hyeon (My Name is Kim Sam Soon)

 

  O chefe dos sonhos de todo mundo. Mesmo com uma pentelha no passado, ele vai ignorar Deus e o mundo para ficar com você. Ele toca piano, usa camisas coloridas lindas (nada a ver com o Restart…) e sempre vai fazer você rir. Falei que ele é lindo, divertido e rico?

Sung Min Woo (Oh! My Lady)

  Ele é uma estrela capaz de assumir para a imprensa que está namorando você, anônima fora dos padrões asiáticos de beleza e idade aceitáveis (eu acho a ajumma bem bonita…). Ele sobrevive à escândalos e depois que ele amadurecer, você também vai querer ele de pai para os seus filhos…

Han Tae Woong/ Han Deuk Gu (The Snow Queen)

  Apesar de traumas terríveis do passado que o fizeram mudar de identidade, ele é adorável sendo qualquer pessoa. Ele é um gênio da matemática e luta boxe (ou seja, ele pode ser útil de várias maneiras). Ele está disposto a servir você lealmente, e mesmo após a sua morte ele vai te amar para sempre. E como ele vai sofrer por ter perdido você…

Kim Joo Won (Secret Garden)

  Um milionário que se apaixona loucamente por você, mesmo que você seja bem pobre. Ele contraria à todos para ficar ao seu lado e é um namorado extremamente carinhoso e cuidadoso (depois da fase inicial meio revoltada, né?). Ele não liga de perder metade do seu patrimônio por ter se casado com você, e ele ainda consegue ser rico assim… e ele entende mais do que ninguém como é estar no seu lugar. Falo sério!

  Ai Mallu sua chata, em uma lista de 5 o Hyun Bin aparece 3 vezes! Isso não tá justo! Claro que tá! O blog é meu, a lista é minha e eu classifico quem eu quiser… ainda que eu dei chance para outros 2, podia ter colocado o Hyun 5 vezes! Muahahahah

  Meninoooos leitores, feliz dia do homem atrasado, seus lindos!

XOXO

Mallu

Os encerramentos de anime favoritos da Mallu

3 jun

Oi!!^^

  Depois de muito prometer (porque né, a lista de aberturas já foi feita e refeita…) eu finalmente venho com a lista dos melhores encerramentos de anime.

(Lembrando que a lista é totalmente baseada na minha opinião)

17 lugar) Fruits Basket

  Esse encerramento de Fruits Basket é bem simples, mas eu gosto muito! (gosto de encerramnetos simples com música linda).

Música: Chiisana Inori (de Ritsuko Okazaki)

16 lugar) Special A

  Só um comentário… MOE!

Música: Special Gyutto Good Luck! (de Yuko Goto)

15 lugar) Paradise Kiss

  Eu gosto muito do estilo de desenho que eles usam no encerramento do anime de Paradise Kiss, e a música é ótima também! (Ah, e eu amo encerramentos que começam antes do anime acabar (?), sabe quando a música começa e os personagens ainda estão falando? Tipo que nem acontece nesse vídeo ^^)

Música: Do You Want To (de Franz Ferdinand)

14 lugar) Lovely Complex

  Outro encerramento simples que ganha pela música é o primeiro encerramento de Lovely Complex. Eu gostava bastante, e fiquei triste quando mudou…

Música: Kiss ~Kaerimichi no Love Song~ (de Tegomass)

13 lugar) Card Captor Sakura

  O terceiro e último encerramento de Card Captor Sakura, que é o melhor da série. É tão lindo e colorido! E a música é tão bonitinha!!! É muito divertido ^^

Música: Fruits Candy (de Kojima Megumi)

12 lugar) Suzumiya Haruhi no Yuuutsu

  Não poderia faltar o encerramento mais bem coreografado do mundo! O primeiro encerramento de Suzumia Haruhi no Yuuutsu.

Música: Hare Hare Yukai (de Aya Hirano)

11 lugar) Kuroshitsuji

  Esse é o segundo encerramento da primeira temporada de Kuroshitsuji. Eu acho essa música maravilhosa, e gosto porque é bastante dramático!

Música: Lacrimosa (de Kalafina)

10 Lugar) Toradora! 

  Esse é o primeiro encerramento de Toradora, e eu gosto muito! (Embora goste bastante do segundo encerramento também…)

Música: Vanilla Salt (de Yui Horie)

9 lugar) Saiunkoku Monogatari

  Eu gosto muito do encerramento da primeira temporada de Saiunkoku Monogatari, e a música é bem linda!

Música: Saikou no Kataomoi (de Saichi Tainaka)

8 lugar) Kaichou wa Maid-Sama!

  Esse é o primeiro encerramento do anime de Kaichou wa Maid-Sama! E eu gosto muito dele!

Música: Yokan ( de Heidi.)

7 lugar) XXX Holic

  Esse é o segundo encerramento da primeira temporada de XXX Holic, e é o mais divertido de todos, na minha opinião:

Música: Kagerou (de BUCK-TICK)

6 lugar) K-ON!!

  Esse é o primeiro encerramento da segunda temporada de K-ON, e é muuuito bom! (E é o mais fofinho dos 3!)

Música: LISTEN!! (de Ho-kago Tea Time)

5 lugar) Vampire Knight Guilty

  Esse é o encerramento da segunda temporada de Vampire Knight. E é maravilhoso.

Música: Suna no Oshiro (de Kanon Wakeshima)

4 lugar) K-ON!

  Esse encerramento da primeira temporada de K-ON! é incrível e absurdamente viciante!

Música: Don’t say “Lazy” (de Ho-kago Tea Time)

TERCEIRO LUGAR) K-ON!!

  Esse é o segundo encerramento da segunda temporada de K-ON (e o meu favorito). Como isso é possível? Todos os encerramentos de K-ON são incríveis!

Música: No, Thank You! (de Ho-kago Tea Time)

SEGUNDO LUGAR) Vampire Knight

  Esse encerramento da primeira temporada de Vampire Knight é incrível!!!! Ele tem todo o clima do anime, e a música é ótima! Com certeza, é um dos melhores!

Música: Still Doll (de Kanon Wakeshima)

PRIMEIRO LUGAR) Kaichou wa Maid-Sama!

  Como não poderia ser diferente (veja só, está todo mundo surpreendido) o meu encerramento favorito é o segundo encerramento de Kaichou wa Maid-Sama! É MUUUUUITO MUITO bom!! A música é incrível, tem essas rosas maravilhosas mudando de cor além de que, se você prestar atenção, você percebe algumas coisas do passado do Usui qe não foram contadas no anime. É muita perfeição!

Música: Loop! (de Heidi.)

  E a grande injustiça desse post é a ausência do primeiro (e incrível) encerramento de Pandora Hearts, cujo vídeo foi removido do youtube :/  E é lógico que tem muitos outros que eu gosto, mas aí o post iria ficar infinito ^^

XOXO

Mallu

As aberturas de anime favoritas da Mallu (versão 2!)

1 jun

Oi!!

  Eu sei que eu já fiz esse post (e que algumas coisas irão se repetir aqui), mas depois de fazer a primeira lista (em 2009) eu já vi muita coisa legal, e acho que estava na hora de dar uma atualizada… (mas eu gosto muito de todas as aberturas que apareceram naquela lista!)

  Então vamos lá! (lembrando que a seleção foi feita baseada única e exclusivamente na minha opinião):

14  lugar) Kuragehime

  Essa abertura de Kuragehime é bem divertida, e sei que muita gente gosta também! Mas eu acho que uma abertura tão legal mereceria uma música melhorzinha…

Música: Koko dake no hanashi (de Chatmonchy)

13 lugar)Vampire Knight

  Eu gosto muito dessa abertura, eu acho que ela transmite bem o clima da série…

Música: Futatsu no Kodou to Akai Tsumi (de On/Off)

12 lugar) Lovely Complex

  Eu amo a segunda abertura de Lovely Complex! Acho tão animadinha! Gosto bem mais do que da primeira…

Música: Hey! Say! (de Hey! Say! 7 )

11 lugar)K-ON!!

  Essa abertura (é a segunda abertura, da segunda temporada) é bastante agitada, mas tem coisas muito engraçadas! Eu gosto muito porque ela mostra bem o relacionamento das meninas e, quando elas se divertem, os fãs se divertem!

Música: Utauyo!! Miracle! ( de Ho-kago Tea Time (acho digno a banda de K-ON ser uma banda mesmo…)

10 lugar) K-ON!

  De todas as abertura de K-ON, a minha preferida ainda é a da primeira temporada. Mas por causa da música, porque a  segunda abertura da segunda temporada é mais MOE…

Música: Cagayake! GIRLS (de Ho-kago Tea Time!)

9 lugar) Paradise Kiss

  A abertura de Paradise Kiss é muito glamour, eu gosto muito.

Música: Lonely in Gorgeous (de Tommy February6)

8 lugar) Kuroshitsuji II

  Agora a abertura da segunda temporada de Kuroshitsuji, na versão Ciel (que é um pouco melhor que a versão do Alois, que também é boa).  Ganha lugar na lista mais pela música, porque né, é Gazette!! Perde pontos por mostrar um Sebastian meio mimimi, mas tudo bem, porque a temporada é filler mesmo…

Música: Shiver (de The Gazette)

7  lugar) Pandora Hearts

  Amo a abertura de Pandora Hearts. Principalmente pela música incrível!

Música: Parallel Hearts (de Fiction Junction)

6 lugar) Toradora!

  Essa é a primeira abertura do anime de Toradora. (Por falar nisso eu ainda preciso falar sobre Toradora aqui no blog…). Eu amo a carinha de brava da Taiga!!

Música:  Pre-parade (de Rie Kugimiya, Eri Kitamura e Yui Horie)

5 lugar) Nana

  A primeira abertura de Nana é MUUUITO ÓTIMA! (E esses olhos do começo? *o*)

Música: Rose (de Anna Tsuchiya)

4 lugar) XXX Holic (primeira temporada)

  Essa abertura é perfeita! Poucas aberturas combinam tão bem com o anime quanto a primeira abertura de XXX Holic (que, de todas que passaram pela série, é a melhor):

Música: 19sai (de Shikao Suga)

TERCEIRO LUGAR) Vampire Knight Guilty

  Não tem jeito, a abertura de Vampire Knight Guilty é uma das melhores de todas! (Mesmo que eu esteja com raiva de Vampire Knight no momento, porque a autora está enrolando demais com a história!)

Música: Rinne Rondo (de On/Off)

 SEGUNDO LUGAR) Kuroshitsuji

  Ok, agora uma das principais injustiças da minha lista anterior: Não tinha a primeira abertura de Kuroshitsuji! (Tá vendo como a lista PRECISAVA ser atualizada?) Ela é perfeita! Música incrível, Sebastian maravilhoso e, o mais importante: passa todo o clima do anime! Essa é a  abertura da primeira temporada (primeira versão):

Música: Monochrome no Kiss (de SID)

PRIMEIRO LUGAR)  Yumeiro Pâtissière SP Professional

  E agora para surpreender todo mundo. A minha favorita é a abertura de Yumeiro Pâtissière SP Professional! Ela é bem diferente das outras melhores colocadas, mas é tão tão boa, que não tem como não amar! Essa abertura é um dos únicos casos que eu assisti em TODOS os episódios, sem passar para a frente nenhuma só vez (tudo bem que a temporada é curtinha…). A música é viciante, e os espíritos dos doces dançando… totalmente MOE!

Música: Sweet Romance (de Mayumi Gojou)

   Agora, a grande injustiçada da lista. Eu não consegui o vídeo da abertura da primeira temporada de Saiunkoku Monogatari, que com certeza seria uma das mais bem colocadas… para quem se interessar, a música de abertura é essa aqui. E prometo que ainda essa semana sai o post com os meus encerramentos favoritos.

  Eu fiquei bastante confusa em definir a ordem dos primeiros colocados… eu amo todos… E vocês, também amam aberturas de anime?

XOXO

Mallu

Os melhores shoujo no Brasil (parte dois)

5 abr

Oi!!^^

  Hoje eu volto com a outra metade da lista que eu comecei a publicar ontem, sobre os  mangás publicados no Brasil de que eu mais gosto.

  Para quem não viu ontem, a lista está aqui. Como eu já disse, a lista está em ordem alfabética, e não de preferência. Os mangás citados não são necessariamente shoujo, o título do post só é esse porque eu não quero comentários do tipo “como Naruto não está entre os melhores mangás publicados no Brasil?” e coisas do gênero.

  Vamos então à  Parte Dois da minha lista!

 

MeruPuri

 

   O primeiro mangá que eu li! Um mahou-shoujo muito fofo!! Conta a história de uma menina que não sabe ser descendente de uma feiticeira, e que de repente encontra um príncipe de um reino mágico de outra dimensão.

  O mangá (da incrível Hino Matsuri) tem apenas 4 edições, e foi publicado pela Panini. Eu falei mais sobre MeruPuri aqui.

Nana

  Quem não gosta de Nana? O shoujo de maior sucesso no mundo, conta os dramas de duas amigas que compartilham o mesmo nome: Nana.

  Nana (da maravilhosa Yazawa Ai) é publicado no Brasil pela JBC (até agora, com 21 volumes), e sua publicação está em pausa pois a publicação original japonesa também está em pausa, por conta de problemas de saúde enfrentados pela autora.

Otomen

  Otomen é uma comédia (com um humor sarrista parecido com o de OURAN) que narra os dramas de Asuka (que não é gay) em esconder os seus hobbyes femininos.

  O mangá de Kanno Aya é publicado pela Panini e tem, atualmente, 7 edições. Eu já falei um pouquinho de Otomen aqui.

Paradise Kiss

  Minha paixão. O melhor (e primeiro) Josei publicado no país. Conta a história de Yukari, e o seu dilema em escolher entre uma carreira acadêmica sólida e uma carreira de modelo.

  Os 5 volumes do mangá ( de Yazawa Ai) foram publicados em edições metálicas lindas pela editora Conrad mas, infelizmente, não são fáceis de se encontrar… Eu falei bastante de Paradise Kiss no blog, aqui, aqui e aqui.

Sakura Card Captors

  O primeiro mangá shoujo publicado no país (e um dos melhores mahou-shoujo ever!). Conta a história da pequena e fofa Sakura, que tem a missão de coletar as cartas Clow que ela deixou escapar sem querer.

  O mangá (da CLAMP) foi publicado pela JBC no formato de meio tankobon, e conta com 24 edições (algumas bem chatas de se encontrar).

Socrates in Love

  Um one-shot josei lindo, que conta a dramática história de um casal que descobrem juntos as emoções do amor, e tem que superar uma tragédia.

  Tem autoria de Kazumi Kazui, baseado no best-seller de Kyoichi Katayama. Foi publicado em uma edição linda pela JBC, e eu já falei mais sobre ele aqui.

Tsubasa Reservoir Chronicles

  Mangá shounen de aventura, que utiliza personagens de Sakura Card Captors e possui uma história entrelaçada com XXXHolic (ficou confuso? Coisas de CLAMP…). Mas pode confiar, é super legal!

   É publicado no formato meio tankobon pela JBC, tem atualmente 51 volumes e vai terminar em 56 volumes (o original possui 28 volumes).

Ultramaniac

  Mahou-shoujo bonitinho que conta a história de de uma humana que fica amiga de uma bruxinha.

  Teve seus 5 volumes publicados pela Panini. De autoria de Wataru Yoshizumi.

Vampire Knight

  Quem é leitor do blog sabe, eu AMO Vampire Knight. É um shoujo de drama e romance, com temática sobrenatural. Conta a história de Yuuki, que apesar de conviver com vampiros diariamente em sua escola, descobre que os seus laços com eles são ainda mais intensos do que ela imaginava…

  O mangá (de Hino Matsuri) é publicado atualmente pela Panini e conta, por enquanto, com 12 volumes. A publicação ainda está em andamento no Japão (Hino sensei, não enrrola!!). Eu já falei de Vampire Knight no blog milhares de vezes… quem quiser ler mais, visite a categoria VK Project.

Wanted

   One-shot shoujo de aventura. Conta a história de uma menina que passa a viver uma vida de pirata! (Esse mangá é muuuito legal! A Hino sensei deveria fazer uma série!).

  Foi publicado pela Panini, e pode ser meio complicado se se encontrar… De autoria de Hino Matsuri.

Welcome to the N.H.K

  (Ou Bem-vindo à N.H.K) Mangá shounen ecchi, de comédia sem noção, que conta a história de um Hikikomori que se considera vítima de uma corporação malígna encabeçada pela rede de televisão N.H.K (?).

  Mangá com 8 volumes de Tatsuhiko Takimoto, que começou a ser publicado pela Panini e tem, por enquanto, 2 volumes lançados  (Recomendado para maiores de 18 anos. Sério!).

XXX Holic

  Mangá seinen lindo maravilhoso incrível de temática sobrenatural. Conta a história de Watanuki, que é capaz de ver espíritos, e acaba envolvido com Yuuko, dona de uma loja que realiza desejos pouco convencionais (geralmente relacionados a espíritos e coisas do gênero). Eu já falei sobre Holic aqui.

  O mangá (da CLAMP) se encerrou no Japão com 19 volumes, e é publicado no Brasil pela JBC no formato de meio tankobon, e está atualmente no volume 34.

Zettai Kareshi

  Zettai Kareshi – o namorado perfeito. Um shoujo maravilhoso que eu amo, de comédia romântica com um “q” de ficção científica. Conta o divertido romance entre uma menina e um andróide (que ela comprou para ser o seu namorado ideal).

  Teve seus 6 volumes publicados no Brasil pela Conrad, mas suas edições são quase impossíveis de se encontrar. De autoria de Yuu Watase. Eu fiz resenha de Zettai Kareshi aqui.

  Em resumo, é possível encontrar mangás maravilhosos no Brasil. Dá para perceber que os títulos estão divididos entre duas principais editoras, a Panii e a JBC. Ambas possuem títulos muito fortes, mas também tem os seus problemas.

  A Panini, apesar da qualidade de seus produtos e da grande variedade de títulos shoujo, é incapaz de seguir um planejamento. A ordem de suas publicações é caracterizada por ser, líteralmente, sem ordem, o que torna a periodicidade de  muitos de seus títulos bastante caótica.

  A JBC, por outro lado, é organizadíssima. Quando eles dizem que o mangá será lançado naquele dia, ele é e ponto final. Os raros atrasos são noticiados publicamente pela empresa, que mostra um grande respeito pelo consumidor nesse quesito. Porém… apesar de deter o monopólio dos mangás da CLAMP, a JBC não tem uma vasta variedade de shoujos… geralmente são publicados um ou dois ao mesmo tempo… e olhe lá! Sem falar na qualidade dos mangás, que é evidentemente inferior à das outras editoras, ocorrendo sempre capas que descolam, entre outros problemas…

  A minha maior mágoa é em relação à Conrad, que sempre trazia títulos incríveis e com alto padrão de qualidade mas… morreu, coitada… E quanto às editoras menores, eu não tenho muito o que comentar… pelo menos por enquanto. Exceto que a qualidade dos produtos é muito boa!

  Os volumes atuais dos mangás podem ser encontrados facilmente nas bancas de jornal. Quanto aos volumes antigos, você pode perguntar ao seu jornaleiro sobre a disponibilidade, ou ir direto à lojas especializadas em quadrinhos. É possível adquirir volumes antigos em feiras e eventos relacionados ao setor. Existem lojas virtuais muito boas também, como a Comix. Em alguns sebos, e principalmente no bairro da Liberdade, em São Paulo, é muito fácil de se encontrar mangás.

  E com tantas coisas legais aqui, ainda existem coisas que eu quero? Claro que sim! Só pra começo, poderiam trazer Nodame Cantabile, Akuma to Love Song, Kinkyori Renai (que não, não é pedofilia!), Lovely Complex (que não saiu aqui até agora por que mesmo?), Mars (mesma questão anterior), Hot Gimmick, Yurara, Stepping on Roses, B.o.d.y, Hana Yori Dango, Saiunkoku Monogatari, Kuroshitsuji…  Pouca coisa, né???

  Então é isso. Termino por aqui essa minha lista enorme, e espero ter ajudado alguns indecisos quanto a qual mangá ler em seguida.

XOXO

Mallu

Os melhores shoujo no Brasil (parte um)

4 abr

Oi!!^^

  As pessoas sempre me perguntam sobre indicações de mangás para ler, e me perguntam sobre coisas que eu leio. O problema é que eu leio muitos mangás americanos, então fica meio complicado indicar…. Então eu decidi fazer uma lista (por ordem alfabética) dos mangás shoujo (e alguns outros que eu acompanho) que na minha opinião são os melhores, e são/foram/serão publicados por editoras brasileiras.

  A lista foi completa e unicamente baseada na minha opinião, hehe… mas com certeza voce deve se identificar com alguma coisa… As imagens são as capas que eu considero mais bonitas.

  Só um detalhe, o título do post está como “os melhores shoujo do Brasil” porque a maior parte da lista é shoujo (embora ela tenha de tudo), e também porque eu não quero ver ninguém reclamando coisas do tipo : “Que lista m…. , cadê Bleach?” , Ok?? 

Vamos lá!

Black Bird

  Serializado atualmente pela editora Panini, o mangá já tem 6 volumes publicados (e sua publicação continua no Japão). Eu preciso fazer uma resenha decente de Black Bird, mas enquanto isso, vocês podem ler a que eu fiz quando li o primeiro volume.

   O mangá (de Sakurakouji Kanoko) é um shoujo de romance, com temática sobrenatural. Uma das minhas publicações atuais mais queridas.

Chobits

  Não é shoujo, é um seinen ecchi. É uma comédia romântica divertidíssima na qual um menino se apaixona por uma andróide (a fofíssima e famosa Chii).

 O mangá (da CLAMP) foi publicado pela editora JBC no formato de meio tankobon, por isso tem 16 edições (algumas delas bem complicadas para serem encontradas…).

Colégio OURAN Host Club

  Como faltar né? O meu mangá shoujo favorito, que é uma comédia (bem doidinha) e com romance, sobre uma garota pobre que por ser muito inteligente acaba em uma escola de elite. Lá ela se envolve acidentalmente com um grupo maluco de Hosts que mudarão a sua vida para sempre.

    Já falei bastante de OURAN no blog…vocês podem ler mais aqui e aqui.

  O mangá (de Hatori Bisco) é publicado atualmente no Brasil pela editora Panini, e por enquanto tem 15 volumes publicados (sendo que a história se encerrará no volume 18).

Death Note

  Meu Shounen favorito! É um suspense policial, com temática sobrenatural. Incrível. O Patrício falou de Death Note aqui no blog. É a história de um menino, que com um senso de justiça um pouco deturpado (mas boas intenções iniciais) se vê de repente com o poder de eliminar os criminosos do mundo.

  O mangá (de Ohba Tsugumi e Obata Takeshi) foi publicado pela editora JBC e conta com 12 volumes e um extra.

Full Moon wo Sagashite

   Mangá ( de Tanemura Arina) com 7 edições, publicado pela editora JBC.

  Não é um dos meus 10 shoujos prediletos, mas é bonitinho. A história é um drama, com temática sobrenatural,de uma menina que está para morrer mas sonha em ser cantora. Já falei de Full Moon no blog.

Fruits Basket

  Coisa linda! Uma das primeiras séries longas que eu acompanhei.  É um shoujo com temática sobrenatural e bastante drama. Com certeza uma das melhores séries! Conta a história de Tohru, que depois de órfã passa a viver em uma casa com belos homens, que possuem um segredo bastante incomum.

  Com autoria de Takaya Natsuki, foi publocado pela JBC em 23 volumes (e zero qualidade, se me permitem dizer). Leia mais aqui.

Galism

  Um shoujo divertido (e fraquinho…), sobre três irmãs que gostam bastante de namorar…

  O mangá (de Mayumi Yokoyama) foi publicado no Brasil pela editora Panini, e têm 6 edições. Eu falei um pouco de Galism aqui.

GEN – pés descalços

  Mangá shounen (de Nakazawa Keiji)  publicado em 4 edições luxuosíssimas pela editora Conrad, mas que hoje são impossíveis de se achar.

  História forte de um menino que sobrevive à bomba de Hiroshima, e tem de reconstruir a sua vida.

Hetalia

  Tirinhas (de Himaruya Hidekaz) que fazem comédia com acontecimentos históricos, e tem como personagens os países envolvidos personificados da maneira mais MOE possível.

  É publicado pela editora NEW POP em edições bonitas e periodicidade insana. Atualmente só possúi um volume publicado.

Honey & Clover

  Josei (de Chika Umino) que conta o dia a dia de uma turma de amigos que estudam em uma escola de artes. O mangá é muuito bom, e possui um equilíbrio entre comédia e drama.

  Honey & Clover tem 10 edições e foi publicado pela editora Panini.

Kaichou wa Maid-Sama!

  Maid Sama (de Fujiwara Hiro)  é um school-life shoujo incrível, eu gosto muito! Conta a história de uma rígida presidente do conselho estudantil, que trabalha secretamente em um maid café.

  Maid Sama (que ainda está em publicação no Japão) será publicado no Brasil pela editora Panini. Eu falei sobre Maid Sama aqui e aqui.

KareKano

  Um school-life shoujo que muita gente adora e eu apenas gosto. Conta a história de dois jovens, que são considerados os melhores da escola, e que passam a viver um romance.

  O mangá (de Masami Tsuda) tem 21 volumes, publicados pela Panini.

Kimi ni Todoke

   Kimi ni Todoke é um school-life shoujo bem bonitinho, que conta a história de uma menina muito meiga, qua não consegue se enturmar por ser muito estranha. Ela é ajudada pelo menino mais popular da sala, e eles se apaixonam.

  Kimi ni Todoke (de Shiina Karuho) ainda está em publicação no Japão, e será publicado no Brasil pela Editora Panini. Eu falei sobre Kimi ni Todoke aqui e aqui.

  Gente, por hoje é só. Amanhã eu volto com o restante da lista. Eu dividi o post no meio, porque ele já estava muito extenso.

XOXO

Mallu