Acabou :(

13 set

Gente, o Yo Nihon! acabou. Acabou porque tinha que acabar. Acabou porque era um projeto de um grupo de amigos de escola e agora não faz mais sentido manter o blog depois de tantos anos de formatura.

Escrevo esse post para oficializar definitivamente o fim em respeito aos diversos comentários que nós continuamos a receber dos nossos leitores. muito obrigado por nos acompanharem fielmente até hoje.

Talvez um dia o Yo Nihon! volte, não sei. por enquanto ele permanece aqui, para que vocês ainda tenham acesso aos posts e ainda possam interagir nos comentários.

Muito obrigada a todos que nos acompanharam durante essa jornada,

Mallu

Anúncios

Um ciclo novo começa

23 jan

Oi!!^^

GENTE, CÊS AINDA LEMBRAM DE MIM? hahahahahah

Então… o Yo Nihon! foi idealizado por mim e pelo Patrício durante o colegial. E o blog era o nosso bebê. Mas vocês sabem como essas coisas são… a escola acaba (e acaba mesmo gente! Apesar de parecer que vai durar para sempre) as pessoas crescem, seguem com as suas vidas. E nesse tumulto o blog ficou meio abandonadinho.

 

Não digo que nunca mais vou voltar aqui. Quem sabe? Não é porque um ciclo novo está começando que o outro precisa ser totalmente fechado.

“Mas Mallu, que ciclo novo é esse? Tem a ver com os Maias?!”

Então gente, nesse meio tempo… O DENYS ENTROU EM CONTATO COMIGO PARA QUE EU ESCREVESSE PARA O GYABBO OMGGGGG!!!!!!!!!!!!!!

Então pra quem sente falta de mim, vocês vão poder me encontrar mensalmente lá no Gyabbo na minha coluninha nova, a linda e adorável “Coluna Hanyan”

E a estréia já foi pra causar, falando de uma das melhores coisas da vida que é Paradise Kiss.

Quem quiser ir lá me visitar, o link está aqui.

Então queridos, obrigada por tudo. Obrigada por todo o apoio durante todos esses anos. E não, não é uma despedida. A gente se vê aí pelo mundo, a gente se vê aqui e a gente se vê principalmente no GYABBO OMG ASDFGHJKLKJHGFDSDFGHJK

XOXO

Mallu

Jogos Vorazes

1 maio

Oi!!^^

Gente eu sei que eu sumi. Mas realmente tem sido difícil arrumar tempo pra postar…

Mas eu acabei de fazer um post gigante pro meu outro blog, sobre Jogos Vorazes. Como eu sei que é um assunto que bastante gente curte, resolvi avisar aqui também…

xoxo

Mallu

ORICON Fevereiro 2012

15 mar

Yo!
Um pouco atrasado, mas..

Ranking ORICON Fevereiro de 2012

Singles

1. GIVE ME FIVE ! – AKB48
2. Junjou U-19 – NMB48
3. SUPER DELICATE – Hey! Say! JUMP
4. Guru Guru Kaaten – Nogizaka46
5. Ai, Texas – Yamashita Tomohisa
6. Shinkuro Tokimeki – Watanabe Mayu
7. Sakura – Hirakawa Kiyoshi
8. Bari Bari BUDDY! – V6
9. 2012 Spart – Porno Graffitti
10. Sailing – AAA

Álbuns

1. BUTTERFLY – L’Arc ~En~Ciel
2. NEWTRAL – Ikimonogakari
3. CHAIN – KAT-TUN
4. The Beginning – Ayaka
5. A Different Kind of Truth – Van Halen
6. 1969 – Yuki Saori & Pink Martini
7. Tokyo Collection – Tokyo Jihen
8. 21 – ADELE
9. Chatmonchy BEST 2005~2011 – Chatmonchy
10. POWERS OF TEN – YUKI

 

É isso. =D

Code Geass

9 mar

Yo!

Hoje eu vim falar de Code Geass. A história, que foi criada por Ichiro Okouchi, teve diversas versões em mangá, light novel, anime, jogos, etc. O anime se divide em 2 temporadas, sendo uma delas “Code Geass: Lelouch of the Rebellion” e “Code Geass: Lelouch of the Rebellion R2“, apesar de um nome grande desses, a série é usualmente chamada de Code Geass. A equipe de desenvolvimento de Code Geass conta com grandes nomes como a CLAMP, que desenhou os personagens.

A história desse anime gira em torno de Lelouch Vi Britannia, um príncipe e 17º herdeiro na linha de sucessão do trono imperial de um país que tem como território um terço da Terra, o Sagrado Império de Britannia. Após um aparente atentado, a mãe de Lelouch é morta e sua irmã fica cega. Acreditando que a ordem para matar sua mãe tenha saído de dentro da nobreza de Britannia, Lelouch e sua irmã Nunally são enviados para o Japão, aonde se escondem, enquanto todos pensam que os irmãos estão mortos. Mas é bem claro que o Imperador de Britannia, pai de Lelouch, despreza ele e sua irmã.

Em azul Britannia, em laranja A Federação Chinesa, e em amarelo a União Europeia, as 3 super potências

Anos mais tarde, em 2010, Britannia invade o Japão, e como faz com seus territórios conquistados, retiram a cidadania do povo do país conquistado e os sub-julga os identificando por números. Além disso, o país perde além de sua tradição, seu nome, sendo chamados por Áreas. O Japão por exemplo, quando foi conquistado passou a se chamar Área 11, e os japoneses passaram a ser chamados de “elevens”, 11 em inglês. Nesse cenário de Japão conquistado, os elevens são considerados inferiores aos Britannians, cidadãos de Britannia, e por isso têm de suportar agressões constantes e de todo tipo.

É nesse mundo aristocrático regido por tradições ocidentais, e na Área 11  que a história começa, em 2017. Lelouch e sua irmã Nunally já estão morando a alguns anos na Área 11, que como esperado, tem ataques terroristas constantes de forças japonesas de resistência à Britannia.

Lelouch por acidente se envolve em um desses ataques, e quando está prestes a morrer, encontra uma misteriosa garota que se chama C.C. , e que lhe propõe um contrato: ela lhe daria poder , mas em troca desse poder ele deveria realizar um desejo dela. Lelouch aceita, e então lhe é concedido um Geass.

O Geass é um poder dado a alguém, e ele se manifesta de formas diferentes em cada um. O Geass de Lelouch está em seu olho esquerdo, e permite que ele dê ordens a qualquer ser humano, e ele obedecerá incondicionalmente. Entretanto, só funciona uma vez com cada pessoa. Revoltado com Britannia, e movido pelo desejo de se vingar de seu pai, dos assassinos de sua mãe e de Britannia, Lelouch cria um codinome: Zero. Zero se junta a japoneses que resistem à ocupação Britanniana, torna-se seu líder e começa sua verdadeira luta contra o Britannia.

Bom, eu gostei muito desse anime. Demorei pra encontrar um anime que me fizesse ter vontade de ver mais e mais a cada capítulo. O anime que melhor fez isso, além de Code Geass, foi Death Note.
Falanda em Death Note, Code Geass tem, na minha opinião, um ambiente e um feeling parecido com o de Death Note.

Apesar de DN ter uma história policial e de suspense e Code Geass ser um anime de Mecha (pra quem não sabe, Mechas são aqueles robos gigantes, como os de Gundam e de Evangelion) que fala de um mundo futuro, as “frases feitas” sobre justiça, a habilidade de mudar o destino alheio, as “jogadas de mestre” , a tentativa de construir um mundo melhor, e as risadas malévolasde Lelouch, com Zero, me lembram muito as de Raito, com Kira. (Pensando bem, Lelouch parece ter mais sentimentos que Raito)
Isso não é ruim!  Isso é bom! Talvez essa semelhança a DN, o dinamismo, e a ação de Code Geass tenham me feito gostar tanto da história.

Muitos dos animes que vi se tornaram muito previsíveis a partir de um certo ponto. Pelo menos eu enquanto assistia Code Geass, tive a impressão de que sabia o que iria acontecer logo depois, e que tudo perderia a graça, mas aí algo inesperado acontecia. Uma pequena decisão de Lelouch, ou um desastre acabaram por mudar o rumo da história inteira. Eu estou dizendo isso principalmente porque eu não esperava que uma personagem como a princesa Euphie tivesse um destino como aquele! Mas sem spoilers, certo?

Outro ponto positivo, na minha opinião, é que a toda hora o anime te leva a perguntar quem ou o que é o certo e o errado, o bom e o mau. E de fato se chega a uma conclusão. Mas logo depois algo acontece e você volta à dúvida. Uma prova disso é que os dois principais rivais da história, querem (ou pelo menos dizem que querem) a mesma coisa, mas se utilizam de meios diferentes.

Além disso, sinto que Code Geass apesar de ter ação, muitas vezes se focava mais nas relações dos personagens, nos conflitos políticos, ou mesmo nas estratégias de Lelouch do que nas lutas entre os Mechas, que nesse anime são chamados de Knightmares. Os Knightmares foram inventados pelos Britannians, e foi isso que lhes garantiu o poder que sustenta seu imperialismo.

No final das contas, RECOMENDO muito esse anime!! Talvez isso seja porque gostei muito mesmo dele.. Mas acho que é um bom anime mesmo. Só não esperem que o personagem principal seja um herói como o Shinji-kun de Evangelion, ele não é. Lelouch nem luta muito nos knightmares, ele o cérebro, o comando. Ainda não terminei a segunda temporada, mas estou gostando tanto quanto a primeira!

Ah, e só pra não dizer que eu não falei dos mangás:

O primeiro mangá foi lançado no Japão pela Kadokawa Shoten (na Monthly Asuka) em 2006 com o nome de Code Geass: Lelouch of the Rebellion, e teve fim em 2010, com 8 volumes. Entretanto, ao mesmo tempo que este mangá era produzido, outros mangás de Code Geass eram lançados (por tempo menor, com menos edições) como: Code Geass: Suzaku of the CounterattackCode Geass: Nightmare of NunallyCode Geass: Record of the Strange Tales of the Bakumatsu Era .

Em 2010 com o fim do primeiro mangá de Code Geass, a Kadokawa Shoten iniciou a produção de outro título da série: Code Geass: Renya of Darkness, entretanto agora na revista Shonen Ace. Esse novo mangá aparentemente ainda está em produção.
É interessante falar que cada versão do mangá tem uma história diferente ou com o foco em outro personagem.

Ah, e pelo que parece, em 2012 sairá uma nova temporada! Code Geass: Boukoku no Akito, que se passará no mesmo mundo de Lelouch, mas dessa vez, na Europa, e claro, terá novos personagens.

Bom, então por hoje é isso!
Ja Ne!

Feliz dia Internacional da Mulher!!!

8 mar

Oi!!

Vamos começar dando uma bronquinha no Patrício que postou hoje e nem parabenizou a mulherada! Coisa feia hein??

E como ano passado eu fiz um post especial do Dia do Homem com os top homens divos dos mangás e animes, hoje eu trago as deusas asiáticas! Então meninos, se preparem!! E parabéns meninas pelo dia de hoje! E agora vamos que vamos pras nossas musas do oriente!!

Mangás e animes

Ayuzawa Misaki (Kaichou wa Maid Sama)

  E abram alas para a senhora presidente (que não é a Dilma)! Misaki é a aluna mais CDF da escola e presidente do conselho estudantil que comanda a escola com mão de ferro. Além de ser uma jovem extremamente bonita e sexy que usa com muita esperteza o seu charme para trabalhar em um café cosplay. Ela pode fazer isso só pela renda, mas ninguém pode negar que com toda a sua sensualidade tsundere ela é perfeitamente (e deliciosamente) irônica para o trabalho de maid-submissa. Você também cairá nas graças dessa mulher mandona e inteligente, mas que de vez em quando coloca um avental e te chama de mestre. Meninos, babem pela Misaki, e meninas: aprendam com a mestra porque essa mulher é PODER!

Ichihara Yuuko (XXX Holic)

Chega até ser injusto com as outras garotinhas mencionadas colocar a Yuuko deusa do sexo nessa lista. Mas é impossível deixar de incluir a mulher mais sensual do mundo dos mangás. Ela é uma misteriosa feiticeira capaz de realizar desejos mediante um pagamento equivalente. Ela é extremamente poderosa e excêntrica, além de ser voluptuosa e utilizar sempre roupas que destaquem esse fato. E então, será que ela deve atender ao seu desejo?

Fujioka Haruhi (OURAN High School Host Club)

Haruhi é a perfeita anti-heroína de shoujo mangá. Ela é uma das personagens mais bonitas já criadas, porque ela não é kawaii nem tsundere. Ela é apenas sincera consigo mesma e com os seus sentimentos. Ela tem seus momentos de fraqueza? Claro que tem! Mas ela também tem uma força extraordinária para seguir em frente sem precisar ficar sendo salva a cada instante. Ela é esforçada, determinada, leal e prendada! Ela é o tipo de pessoa que dá valor às simples alegrias da vida, mas também aprende a apreciar o luxo. Ela se adapta aonde estiver, sem nunca deixar de ser ela mesma e perder a sua essência. Além de que ela faz o que for preciuso para atingir seus objetivos. Por mais desanimada que ela pareça à primeira vista, ela é o tipo de mulher que não sossega até atingir o seu sonho, mesmo que ele pareça impossível. Ela é simplesmente perfeita! Venha aprender os costumes plebeus com a adorável Haruhi e quem sabe ela não lhe serve um café instantâneo…

Hong Shuurei (Saiunkoku Monogatari)

Shuurei é uma sonhadora. Mesmo vivendo em um período onde apenas os homens poderiam participar da vida política, ela sabia que era tão qualificada quanto qualquer um e nunca desistiu de seu sonho de trabalhar para o império. Ela queria ser uma funcionária pública, o imperador a quer como esposa. Com certeza ela é a mulher mais especial do império de Saiunkoku, e nunca se ouviu falar de uma jovem tão louca e especial quanto ela. Shuurei é inteligente, perspicaz, responsável, além de ser uma dama da mais fina estirpe (mas não pense que ela é dócil e indefesa!). Se o império ficou bem, é poque o imperador aprendeu a ser gente com essa dama!

Oscar François de Jarjayes (Versailles no Bara)

Forçada a viver como um soldado por seu pai que sempre desejou um filho homem, Oscar sempre recebeu modelos masculinos para se espelhar. Isso nunca a impediu de ser feminina e de entregar o seu coração para o homem que ela ama. Oscar tem diversas qualidades notáveis em uma mulher. Ela é inteligente, sagaz, corajosa, elegante e tem uma força surpreendente. Também é capaz de fazer tudo para defender o que ela pensa ser correto e para proteger as pessoas que ama. Se precisasse resumi-la em uma palavra seria: Honra! E é bela… como é bela a nossa rosa de Versalhes…

Dramas

Ikeuchi Aya ( Ichi Rittoru no Namida)

Aya nos ensina tanta coisa… a manter a força e a dignidade em situações impossíveis, e a encarar a vida sempre com um sorriso, porque cada momento é precioso demais. Mesmo que se gaste um litro de lágrimas para entender essas lições…

Shiiba Ayumu (Life)

Essa menina é arretada! Se existe uma coisa que Ayumu não é é passiva! Ela é corajosa e enfrenta as situações de frente! A coisa ficou feia? Ok, então é hora de se levantar e brigar. Ayumu é sensacional. Enquanto as coisas não estiverem boas ela continuará lutando, sem nunca desistir. Uma mulher forte e marcante. A pessoa perfeita para ter do seu lado quando a situação fica preta…

Gil Ra Im (Secret Garden)

Outra tsundere pra nossa lista. Ra Im é uma dublê que gosta de viver perigosamente. Além de ser perigosamente linda… Uma mulher decidida, que é intensa em todos os aspectos da sua vida: família, trabalho e amor. Ela é o tipo de mulher que pode fazer o que quiser. E o que você faria se pudesse ser ela por um dia?

Makino Tsukushi (Hana Yori Dango)

Tsukushi não é apenas mais uma tsundere. Ela é A Tsundere. É a heroína de shoujo perfeita: leal, sincera e esforçada. Mas tome cuidado: ela morde. O que tem de fofa ela tem de brava. Quando provocada ela vira um bicho. MAs ela é o tipo de pessoa que conseguirá tudo o que quiser, inclusive o seu amor. E se ele anda não estiver bom, ela irá ajeitá-lo na base da porrada…

Kim Sam Soon ( My name is Kim Sam Soon)

Como fazer uma lista sem a minha musa dos dramas? Sam Soon é a personagem mais louca já criada. Ela é a heroína destrambelhada que prova que não existe idade para amar, e que não há nada de errado em ser você mesma. Ela não se esforça pra agradar ninguém e extremamente sincera. Ela vive a vida dela da maneira que prefere e que considera correta. Por ser assim, ou é amada ou odiada. Não existem meios termos com essa mulher. Além de ser a melhor pessoa que existe, ela sabe fazer bolo 😀

 

Espero que tenham gostado da lista das minhas personagens femininas favoritas! Meninas, nós podemos não ser incríveis como essas moças, mas nós somos ainda mais extraordinárias por sermos reais! Parabéns pra nós pelo nosso dia!!!

E meninos… depois de uma lista dessas, podem começar a apreciar as mulheres de verdade e deixarem as piriguetes apenas para os prazeres da carne, ok? Essas aí são pra casar! huahahaha

XOXO

Mallu

Mononoke Hime

3 mar

Yo!

Hoje vou falar sobre Mononoke Hime, ou Princesa Mononoke (esse filme não foi lançado no Brasil), de Hayao Miyazaki. E pra quem pensou que esse diretor só fazia filme de criancinha, se enganou!! Não acho que criancinhas ficariam muito felizes ao assistir esse filme, que é o único que tem violência dentre os filmes que já assisti do Hayao. Já dá pra ter uma ideia pela imagem, né?

Bom, antes de qualquer coisa, queria dizer que a trilha sonora desse filme é sensacional, na minha opinião. HAHAHA.
Esse filme é excelente. Pra mim, é o melhor do Hayao Miyazaki. Mas vamos ao que interessa.
Mononoke não é o nome da garota da foto, que seria a “princesa”. O nome dela é San. Mononoke em japonês pode significa monstro ou espírito.
O filme foi lançado em 1997  no Japão, em 1999 nos Estados Unidos, e nunca (até agora) no Brasil.

A história se situa no período Muromachi do Japão (de 1333 a 1568), num tempo no qual os humanos conviviam com feras e deuses animais. Tudo começa quando um demônio possui o corpo do Deus Javali, e vai em direção ao vilarejo do qual Ashitaka, é príncipe. Assim sendo, Ashitaka batalha com o Deus Javali possuído para proteger sua vila. Entretanto, ele é amaldiçoado pelo demônio que possuía o Javali antes de matá-lo. Essa maldição lhe dá força sobre-humana, mas lhe matará em algum tempo.

Ashitaka então parte para o Oeste, buscando uma solução para seu problema. Lá ele encontra os mineradores da aldeia do ferro, comandada por Lady Eboshi, que está em batalha contra os deuses animais por território. Os humanos querem explorar a natureza e aumentar seu poder e riqueza. Para isso, precisavam se livrar dos deuses animais e das feras.

Do lado dos gigantes deuses animais está San, uma humana que foi criada pelo Deus Lobo, e que é chamada de Princesa Mononoke pelas pessoas da aldeia do ferro. San odeia os humanos por que querem acabar com a floresta. Tanto que as vezes esquece de sua própria humanidade.

Ashitaka vê a ganância humana e tenta achar um meio para que os humanos e os deuses animais possam viver em harmonia e paz, dando fim à luta. Entretanto, cada vez mais os dois lados se distanciam e se tornam mais violentos.
Assim a história toma forma e rumo.

Mononoke Hime foi uma das animações mais caras já produzidas no cinema japonês na época em que foi lançado. Foi um sucesso internacional, recebendo várias críticas positivas. Foi também o filme com maior bilheteria da história do Japão até Titanic ser lançado. Além disso, é considerado o maior anime da década de 90, com Evangelion. Hayao Miyazaki levou 16 anos para desenvolver completamente a história.

O filme tem uma atmosfera mágica, uma coisa diferente, que  é difícil de explicar. Além disso, tem uma imagem boa e uma trilha sonora impecável, de Joe Hisaishi (o mesmo que de Ponyo, A Viagem de Chihiro e Castelo Animado). Deu pra perceber que é um dos meus filmes favoritos, né? Super recomendo, apesar de não ser um filme pra criancinhas de 5 anos. Já vi esse filme ALGUMAS vezes! Hahahahah

Enfim, é isso.
Ja!

Primeiro teaser de Helter Skelter

28 fev

Oi!!^^

Eu vi lá no Shoujo Café que saiu o primeiro teaser do filme de Helter Skelter ou rerto iskerto em japonês (sim, eu sou cruel com a pronúncia) XD. Eu estava muito ansiosa por esse filme… até esse grito forçadão que a menina dá no trailer ¬¬”  .Já vi que assistirei mais por curiosidade mórbida do que que qualquer outra coisa. Eu não estou botando muita fé no filme, mas se ele der certo será uma grata surpresa!

Para quem não conhece, o filme é baseado no mangá homônimo de Kyoko Okazaki, que conta a história de uma modelo que trata a sua aparência de forma doentia, e na busca da perfeição se submete à diversas cirurgias plásticas que com o passar do tempo vão desfigurando a moça (tipo que nem a Gretchen). O mangá é extremamente pesado e discute de forma muito intensa as imposições da ditadura da beleza e o impacto que essas exigências tem na vida de uma pessoa (ainda mais uma modelo). Se o filme for uma adaptação boa, não vai ser nada light…

Não estou botando muita fé, mas com certeza esse é um flme que eu não vou perder!

xoxo

Mallu

A Viagem de Chihiro

27 fev

Yo!

Hoje vou falar sobre mais um filme do Hayao Miyazaki. Pra quem não percebeu, eu gosto bastante dos filmes dele. E o que eu escolhi pra hoje foi A Viagem de Chihiro. Esse é um clássico até aqui no Brasil, imagino… Muuita gente já assistiu esse filme por aqui, não? Esse filme foi lançado em 2001, mas só chegou ao Brasil em 2003.

A Viagem de Chihiro, Spirited Away em inglês, ganhou diversos prêmios, dentre eles o Óscar de melhor animação de 2003, e o Urso de Ouro do Festival de Berlin, de 2002. Dois dos prêmios mais prestigiados no mundo do cinema. Quando lançado, “A Viagem de Chihiro” foi aclamado pela crítica e se tornou o filme mais bem sucedido da história japonesa, passando até mesmo as bilheterias de Titanic. Nos EUA, foi distribuído pela Disney.

O filme conta a história de Chihiro, uma garota de 10 anos, fresca, mimada e medrosa. A história inicia quando ela e seus pais estão de mudança para uma nova cidade. No caminho, eles se perdem e se deparam com um enorme prédio vermelho com um enorme túnel. Por insistência do pai de Chihiro, eles atravessam o túnel se deparam com uma cidade abandonada. Nessa cidade, os pais de Chihiro encontram um delicioso banquete e começam a comê-lo. A garota entretanto, se recusa a comer e sai andando pelos arredores.

É então que ela conhece Haku, um misterioso garoto que a adverte para que saia daquele lugar imediatamente. Chihiro então vai a procura dos pais, e descobre que eles viraram porcos enormes. Além disso, começa a anoitecer, e a garota se vê perdida e sozinha naquela cidade, na qual agora começavam a aparecer muitos espíritos.

Chihiro é ajudada por Haku, e ele conta a ela que ela e seus pais estão presos num mundo no qual humanos não são bem-vindos. Assim, para não ser transformada em alguma animal e depois ser devorada, e para salvar seus pais, Chihiro deve  passar por provações para conseguir um trabalho na casa de banho de Yubaba, uma feiticeira autoritária e má.

“A Viagem de Chihiro” não é um filme violento como “Mononoke Him”e (falarei desse num post futuro), de Hayao Miyazaki, mas não tem um enredo tão simples quanto o de “Tonari no Totoro” ou “Gake no Ue no Ponyo”.

Além disso, o filme conta com imagens lindas e cenas de aventura, humor e drama, e uma trilha sonora emocionante criada por Joe Hisaishi (Gosto das trilhas sonoras dele!).

Bom, esse é um filme que eu definitivamente recomendo a todos!!! Não é um filme pesado em nenhum sentido, e é muito bonito. Uma obra de arte de Hayao Miyazaki.

E pra quem pensa que eu contei muito do filme, se enganam. Só falei do comecinho, hahahah.
Bom, então por hoje é isso!
Ja!

ORICON – Ano de 2011 e Janeiro 2012

25 fev

Yo!
Bom, tava demorando pra eu postar um ORICON né? HAHAHAHAHAHAH, há quem não veja esses posts com bons olhos.
Enfim, só pra tentar tirar o atraso do ranking, trouxe aqui o resultado do Ranking 2011 e o de janeiro de 2012, ok?

Ranking ORICON Janeiro de 2012

Singles

1. Kataomoi Finally – SKE48
2. Good Luck – BUMP OF CHICKEN
3. Kawatta Katachi no Ishi – KinKi Kids
4. KISS KISS / Lucky Guy – Kim HyunJoong
5. Synchrogazer – Mizuki Nana
6. Wonderful Cupido / Karasu no Mahou – NYC Boys / Nakayama Yuuma
7. Iesu – Acid Black Cherry
8. Where You Are – CNBLUE
9. Mamore!!! – Idoling!!!
10. Naisho no Hanashi – ClariS

Álbuns

1. EXILE JAPAN / SOLO – EXILE
2. BEST HIT AKG – Asian Kung Fu Generation
3. Japonesque – Koda Kumi
4. The Beginning – Ayaka
5. colors bars – Tokyo Jihen
6. Goldem Album – Golden Bomber
7. Super Girl – KARA
8. POWERS OF TEN – YUKI
9. FUNKY MONKEYS BABY 4 – FUNKY MONKEYS BABY
10. Sonapokeizumu 3 ~Kimi to no 365hi~ – Sonapokeizumu

 

Ranking ORICON Geral 2011

Singles

1. Flying Get – AKB48
2. Everyday Kachuusha – AKB48
3. Kaze ga Fuiteiru – AKB48
4. Ue Kara Mariko – AKB48
5. Sakura no Ki ni Narou – AKB48
6. Lotus – Arashi
7. Meikyuu Love Song – Arashi
8. Maru Maru Mori Mori – Kaoru e Tomoki
9. Pareo wa Emerald – AKB48
10. Everybody Go – Kiss-My-Ft12

Álbuns

1. Beautiful World – Arashi
2. Koko ni Ita Koto – AKB48
3. Negai no Tou – EXILE
4. Born This Way – Lady Gaga
5. Girls Generation – Shoujo Jidai
6. Checkmate! – Namie Amuro
7. Super Girl – KARA
8. MUSICMAN – Kuwata Keisuke
9. SMAP AID – SMAP
10. Ikimonogakari Members BEST Selection – Ikimonogakari

 

Bom, não sei se só eu percebi, mas, A Ayaka voltou!!!! Aeeeeee! HAHAHAH, gosto muito das músicas dela, e da voz dela, etc.. Fiquei feliz! Ela esteve em hiatus desde 2009!
Wow! Asian Kung Fu Generation no ORICON? Quanto tempo faz que eu não ouvia falar deles!! Desde FMA (Rewrite, lembram?) HAHAHAH
Ah, e pra quem não sabe, Girls Generation, Shoujo Jidai, Shonio Shidae, e SNSD são tudo a mesma coisa! Aquelas garotinhas do Gee, Genie e etc. Ok?
Além disso, a única observação que tenho a fazer, é que foi muito chato montar o top 10 singles de 2011.. Só tem ARASHI e AKB48.. O que é isso, pessoal? HAHAHA (Fangirls, acalmem-se. Nada contra, só queria mais variedade).

Bom, então é isso pessoal.
Ja!